Os insuportáveis comentários de Galvão Bueno

O assunto desta semana é toda a polêmica envolvendo o piloto inglês Lewis Hamilton da McLaren. Houve boatos que Hamilton estaria negociando com a Red Bull e com isso deixando o time inglês.

Esta semana, em entrevista coletiva, Hamilton desmentiu os boatos e disse. “Nós somos a única outra equipe que venceu na temporada. Não vejo porque ter a intenção de mudar quando você tem o carro mais competitivo. Então, a partir do momento em que nós tivermos um carro que possa fazer o trabalho, não haverá razão para partir”. Sobre a equipe McLaren, o piloto inglês comentou: “Eu tenho sorte de estar na McLaren. É um dos melhores times, tem uma bela história e temos um carro que é capaz de vencer, como meu companheiro (Jenson Button) mostrou no último fim de semana”.

Não sei o que é mais polêmico. Ver Hamilton cometendo erros imaturos e infantis, ou ser obrigado a suportar os comentários insuportáveis de Galvão Bueno que insiste por que insiste que o piloto não está bom de cabeça, que ele tenta arranjar mil desculpas se pintando de vítima, que Hamilton está tentando se comparar a Ayrton Senna, etc…

Está na hora da Rede Globo pedir para que Galvão pendure as chuteiras e dê oportunidade para outros locutores que querem trabalhar. Você acha mesmo que um piloto que chegou onde chegou Hamilton, iria cometer erros de propósito? Que a McLaren permitiria um cara mal de cabeça conduzir seus carros que valem milhões de euros?

Galvão Bueno é o rei dos comentários desnecessários e infelizes. Nas transmissões dos GPs da Turquia e Espanha, ele cometeu várias gafes e insistiu que Felipe Massa estava em pé de igualdade com Fernando Alonso dentro da Ferrari, o que é um absurdo. Em dado momento, só porque o piloto brasileiro estava na frente do espanhol durante a corrida, Galvão disse inúmeras vezes que era importante o Felipe se manter assim, pois estaria mostrando resultado a seus superiores.

Balela. Qualquer leigo no assunto sabe que Massa está com os dias contados na Ferrari e que Alonso tem, infinitamente, a maior atenção dentro da escuderia. A polêmica de Hockenheim o ano passado (quando a Ferrari mandou Massa deixar Alonso passar), foi uma pequena amostra que as coisas com o piloto do Brasil já estavam indo de mal a pior.
As principais páginas de automobilismo da internet comentam a má fase de Felipe Massa e algumas dão destaque numa possível perda de vaga do brasileiro, até mesmo cogitando o nome de Sebastian Vettel.

Quando você assistir um GP transmitido pela Globo, nunca dê muita atenção ao que Galvão Bueno diz. É melhor você navegar na internet e se informar. Hamilton não está ruim da cabeça. Ele está muito bem. Apenas vive um mau momento, mas vai se recuperar.

E quanto ao Felipe Massa? Bom, leia o comentário de Ingo Hoffmann, ex-piloto de Fórmula 1 e maior campeão da Stock Car sobre a fase do ferrarista e tirem suas próprias conclusões. “Você faz tudo certinho, e chega na hora fura um pneu, quebra uma peça… todo mundo passa por isso. Não tem nada a ver, mas quando acontece, você acha que foi atração, mas acontece porque tem que acontecer. Quando o cara está em uma fase ruim, atribui tudo ao azar, mas todo mundo passa por isso”.

César Júnior – repórter e radialista