O que devo ser e o que devo fazer

Quero crescer na vida! Quero um ser novo no mundo! Quero crer que tudo pode ser mudado… Tudo depende de mim… Tudo depende dos meus sonhos, dos meus projetos, das minhas loucuras, dos meus devaneios no meu viver.  Depende do que se torna presente pra que se torne futuro se eu entender tudo aquilo que eu devo ser o que eu devo fazer.

O mundo vai olhar pra mim e vai descobrir tudo aquilo que eu devo ser o que eu devo fazer! Isso acontece na nossa vida! Tanta coisa… Coisas boas, coisas ruins, coisas supérfluas e coisas também que eu nem sei direito o que são nem de onde vem e nem pra onde vão, mas o que me interessa é perceber que tudo pode ser novo, tudo pode ser mudado, tudo pode ser transformado pela força da minha vontade de eu querer!

O difícil é quando eu não quero mudar… Difícil quando eu quero estar estagnado no meu mar azul no meu egocentrismo e não querer perceber que as coisas ao meu redor não dependem única e exclusivamente de mim, mas sim das minhas atitudes, de tudo aquilo que eu faço, de tudo aquilo que eu falo… De tudo aquilo que vai ao meu redor.

É ai que o mundo espera que eu seja diferente e que as pessoas que me amam esperam que eu possa mudar o mundo dela, que eu possa ser capaz de me mudar pra mudar os outros.

Mas se eu trago em mim toda mudança, tudo novo, na mesma, continuarei velho e envelhecendo a cada instante, a cada momento. Eu preciso mudar… Eu preciso me transformar. Eu preciso renovar, mas preciso me inovar se quiser que o mundo seja normal ao meu redor, por isso que eu lhe digo que é necessário começar ou recomeçar…

Tudo depende da minha opção se eu quero que o mundo seja novo tenho que ser eu mesmo renovado…Mesmo que seja velho tem que inovar e aí tudo será diferente pode ter certeza disso; vou assumir meu papel e não vou parar no caminho.

Pense nisso…Pensemos nisso e o mundo será muito melhor no centro do novo acontecimento na sua vida, na minha vida e na nossa vida…Assim o mundo será novo e tudo será transformado!

Com um beijo de Jesus, pelos lábios de Maria no seu coração e no abraço de José, o homem da inovação, da confiança em si próprio e "no próprio taco" que sempre quis ser inovador.

 

Pe.delaircuerva, fmdp