O “Touro Vermelho” estava escondido

As duas primeiras etapas do campeonato mundial de Fórmula 1, começou responder a grande incógnita que imperava entre os críticos no assunto. Qual seria a postura da Red Bull.

A pergunta era baseada na pré-temporada, onde os carros da equipe austríaca não demonstravam desempenho eficiente com prenúncios de um campeonato modesto. Ledo engano. Vettel e Webber começaram a colocar “os pingos nos is” e deram o recado como quem diz: “Estamos aqui”.

Pelo clima que surgiu entre os pilotos da Red Bull na Malásia, dá para sentir que o nível de competitividade está aquém das expectativas. Tanto o piloto australiano quanto o alemão, declararam guerra interna e quase se tocaram no circuito malaio. Na realidade ficou feio para Vettel, pois Webber foi incisivo e esclareceu que havia recebido ordens da equipe de diminuir o ritmo para economizar pneus, pois os estrategistas acreditavam que a corrida estava ganha.

Vettel ignorou a ordem vinda dos boxes e atacou o companheiro numa clara disputa de vaidades. O mundo assistiu o clima gélido entre eles, com Webber gesticulando contido e inconformado.

Felipe Massa continua sendo uma eterna interrogação. Com começo avassalador nos treinos e postura de leão ante Alonso, o brasileiro fez sua parte, mas o serviço parece estar incompleto. Vitima de duas estratégias erradas, Massa cruzou a linha de chegada tendo um quarto lugar, seu melhor desempenho até agora. Pouco para um piloto que viu as chances de seu contrato se romper com a equipe de Maranello, ano passado. Na verdade, o brasileiro terá que no mínimo tentar acompanhar Alonso.

Acredito que Massa perdeu uma grande oportunidade na Malásia, já que seu companheiro abandonou por problemas na asa dianteira.

A classificação do campeonato está assim (apenas os 10 primeiros)

01 – Vettel – 40
02- Raikkonen – 31
03- Webber – 26
04- Hamilton – 25
05- Massa – 22
06- Alonso – 18
07- Rosberg – 12
08- Grosjean – 9
09- Sutil – 6
10- Di Resta – 4

A próxima corrida acontece na China, dia 14 de abril ? s 5 horas da manhã

{n}Fórmula Indy{/n}

Começou dia 24 de março a temporada 2013 da Fórmula Indy e com a categoria a certeza de um grande campeonato para os brasileiros. Hélio Castroneves e Tony Kanaã, Os pilotos da Penske e KV, mostraram eficiência e chegaram na segunda e quarta posições respectivamente.

Outro destaque positivo foi a performance eficiente da piloto suíço Simona de Silvetro, que chegou a pressionar Helinho por muitas voltas. O automobilismo precisa urgente colocar uma mulher entre as estrelas campeãs, pois a falta de uma piloto com título mundial, cria uma imagem um pouco preconceituosa contra este esporte. No final, venceu o canadense James Hinchcliffe da equipe Andretti Autosport.

A classificação do campeonato ficou assim (apenas os 10 primeiros):

01 – James Hinchcliffe – 51 pontos
02 – Helio Castroneves – 43
03 – Marco Andretti – 35
04 – Tony Kanaan – 32
05 – Scott Dixon – 30
06 – Simona de Silvestro – 28
07 – Ernesto Viso – 26
08 – Takuma Sato – 24
09 – Justin Wilson – 22
10 – Alex Tagliani – 20

A próxima prova ocorre dia 07 de abril no circuito de Barber Motorsports Park