NOSSO LAR ( Wagner de Assis, 2010 )

Sucesso nos cinemas de todo o país, quem diria, o filme “Nosso Lar”, está batendo recordes de bilheteria. Confesso que estava curiosa para ver o filme, mas não esperava um sucesso tão retumbante, afinal, é baseado na obra “Nosso Lar”, escrita pelo espírito André Luiz e psicografada pelo médium Chico Xavier, uma obra essencialmente pertencente a doutrina espírita, religião que possui inúmeros seguidores e que, nem sempre, é bem compreendida.

O longa metragem é dirigido por Wagner de Assis e conta com a participação de vários atores e atrizes conhecidos do grande público. O destaque fica por conta do ator Renato Prieto, que interpreta o protagonista da história, o médico André Luiz. Renato Prieto dá o tom certo ao personagem. Contido, sério, mas, ao mesmo tempo, deslumbrado com suas novas descobertas no mundo espiritual.

O filme trata da história do médico André Luiz que experimenta diversas experiências e lições na vida além-túmulo na Colônia Espiritual Nosso Lar.

“Nosso Lar” é um filme espírita, mas a mensagem que passa ao público vale para todas religiões. É uma mensagem de bondade, de abnegação, de amor ao próximo, enfim, preceitos que devem estar presentes em qualquer religião seja católica, evangélica, espírita, presbiteriana ou tantas outras mais.

O mais impressionante é a qualidade do longa metragem. Os efeitos e o visual arquitetônico criado para tornar “Nosso Lar” uma realidade são de uma beleza ímpar. O visual da colônia espiritual utilizado no filme é baseado nos desenhos sobre Nosso Lar do médium Heigorino Cunha, orientados pelo espírito “Lucius”. É de tirar o fôlego.

O sucesso do filme não é á toa. Independente da religião, vale a pena assistir “Nosso Lar”. Você pode até não acreditar na história que está sendo contada, dependendo da crença que orienta sua vida, mas um fato é certo: a bondade e o amor ao próximo é que devem permear nossas vidas. Seja no nível terreno ou, para quem acredita, na vida além-túmulo.

{n}Érika Svícero Martins França
Jornalista – MTB 28.063{/n}

{bimg:10314:alt=interna1:bimg}