Meu amor por ti

Ouças homem!

O amor que sinto por ti não é chuva passageira.

Não é comparado a um lindo amanhecer,

Tampouco amanhece com raios dourados.

Também não é o alvorecer de um novo dia.

Não se compara com o flutuar das nuvens brancas,

Nem impressiona como o brilho das estrelas

E não reflete claridade no luar.

Entendas homem!

O amor que sinto por ti,

É fugaz, porém recheado de ilusões…

Puro e insólito na medida em que acontece,

Irreal na indecência de possuir-te cada instante…

É insano na medida exata!

Nada exige, mas também pouco se dá.

É vibrante na dose certa.

Vive no momento que é para viver.

Saibas homem!

Que amar-te é meu vício.

E, dessa paixão, nada peço, nada quero que me peças.

Porque somente assim sou feliz!