Jon Lord o mestre

Segunda feira dia 16, o mundo do rock perdeu um de seus maiores representantes. Morreu Jon Lord, o mestre dos teclados da banda Deep Purple. Lord lutava há alguns anos contra um câncer e faleceu no hospital ao lado da família.

A morte deste mestre representa uma perda irreparável no mundo da música, pois LORD tinha uma técnica única que marcou e muito a personalidade da banda.

Influenciado pelos mais diversificados ritmos musicais, Jon Lord trouxe para o rock uma mistura de folk, blues e música clássica, regado a um estilo próprio que era determinante na harmonia com acordes e solos de guitarra, Deep Purple é aquele tipo de banda que tem identidade própria e quando você ouve, sabe quem é, apenas pela personalidade marcante de suas músicas. Nas canções clássicas como “perfect strangers” e “smoking in the water”, consegue-se perceber bem o fator “personalidade” da banda e LORD tem papel fundamental, introduzindo um som púrpuro em notas baixas ao som de órgão, marcas registradas do mestre.

O Deep Purple deixou uma vasta obra musical. O grupo é um dos mais tradicionais do rock e faz parte da vertente inicial do heavy metal, ao lado de Led Zepelin e Black Sabbath. Passou por inúmeras formações durante a existência, mas Jon Lord praticamente pertenceu a todas.

Descanse em paz mestre Jon Lord. Que suas musicas continuem ecoando pelo espaço infinito do rock e que seus clássicos acordes ensinem os jovens que estão começando, como deve ser feita uma composição musical de verdade e qualidade.