Fórmula Indy tem vários candidatos ao título

O campeonato da Fórmula Indy está chegando em sua reta final e o GP de Motegi (Japão), foi o grande diferencial para apimentar ainda mais a decisão. Com a vitória no Japão, Scott Dixon, assumiu a liderança do campeonato, antes liderado por Will Power. O campeonato de 2011 está aberto faltando duas corridas para o final. Além de Dixon e Power, Marco Andretti, também tem chances de título e está na briga.

O campeonato está assim (entre parênteses número de pontos). Will Power (542), Dario Franchitti (531), Scott Dixon (483), Oriol Servia (397), Tony Kanaan (353), Ryan Briscoe (340), Marco Andretti (327), Ryan Hunter Reay (317), Grahan Rahal (302) e Hélio Castroneves (302). Entre os brasileiros, além de Kanaan e Castroneves, Vitor Meira está na 15º colocação (273), Bia Figueiredo em 21º (200), Raphael Matos em 29º (67) e na sua estréia na categoria neste final de semana, João Paulo de Oliveira, mesmo abandonando conseguiu 10 pontos. As duas últimas provas ocorrem em circuitos ovais. Kentucky (02 de outubro) e Las Vegas (16 outubro).

Outro campeonato que está pegando fogo é a Moto GP. Os pilotos da motovelocidade se reuniram em Aragon na Espanha e mostraram que muitas águas vão rolar por debaixo dessa ponte. Na categoria 125 cc (no próximo ano passa a se chamar Moto 3), Nicolas Terol, liderou de ponta a ponta e conseguiu uma vitória incrível. Terol é o líder do campeonato com 241 pontos, seguido de perto por Johann Zarco (205), Maverick Vinhales (177) e Sandro Cortese (170). Já na categoria Moto 2, o espanhol Marc Marquez, travou uma batalha duríssima com o italiano Andrea Iannone, e somente na última volta conseguiu respirar um pouco.

Apesar da vitória Marquez não assumiu a liderança, mas luta pelo título. Nesta categoria o campeonato está assim: Stefan Bradl (221), Marc Marquez (215), Andrea Iannone (132) e Alex de Angelis (122). Já na categoria principal (Moto GP), Casey Stoner, continua mais líder que nunca, após vencer a corrida. Seu companheiro de equipe Andrea Dovizioso, chegou em segundo, fazendo a dobradinha da equipe Honda. Valentino Rossi, teve que largar dos boxes por ter trocado o motor, fez uma corrida de recuperação e conseguiu chegar na 10º colocação. O campeonato ficou assim: Casey Stoner (284), Jorge Lorenzo (240), Andrea Dovizioso (185) e Dani pedrosa (170), são os principais que concorrem ao título. Faltam ainda quatro provas para o final do campeonato. Motegi, Japão (02 de outubro), Phillip Island (16 de outubro), Sepang, Malásia (23 de outubro) e Valência, Espanha (06 de novembro).

{n}Falta de respeito e profissionalismo{/n}

Gostaria de deixar registrado meu nojo e asco pela Rede Globo de Televisão, que com uma falta de respeito inacreditável, teve a coragem de colocar no ar um tape mal feito da Stock-Car, que durou no máximo 15 minutos. É bom lembrar que o campeonato está na reta final, com 10 pilotos disputando o título. É uma vergonha esse tipo de atitude. Tá vendo porque o Brasil perdeu o respeito dentro do automobilismo mundial?

Temos uma história linda construída por Fittipaldi, Piquet e Senna, mas hoje o Brasil não é nada dentro deste esporte, simplesmente porque não tem nenhum piloto com capacidade de andar na frente na Fórmula 1.

A Globo resolveu perder 1 hora de sua programação com um baladeiro, bêbado e pervertido (Adriano). Mas como este cara é a mais nova sensação do Corinthians, o resto que se ferre.

Atitude mesquinha, anti-profissinal de uma emissora que se propôs em trabalhar em prol do esporte. Agora, como prêmio de consolação, a mesma emissora deve “dar esmola” para nós fãs do automobilismo e passar a última corrida da Stock Car na íntegra. Rede Globo, enfia a Stock-Car…., bom já sabe né!