Fatos e Relatos da Vida: Feliz coincidência

Numa avenida movimentada, muitos comércios, e um deles uma loja de peças de motos, deixaram um vaso com lindas flores tomando um sol, na calçada próxima a uma lixeira. Em frente, onde um homem trabalhava em um salão de beleza, saiu para almoçar e viu na calçada um vaso e ficou observando aquelas flores e aquele vaso, imaginou que alguém desfez da planta e imediatamente sentiu vontade de cuidar daquelas flores.

Ficou olhando as flores plantadas, a beleza do vaso, a forma criativa de plantas varias rosas, flores do campo num só vaso. Quando pegou o vaso já estava indo embora contou com a ajuda de um colega do salão que colocou no carro. Como morava em uma cidade distante do trabalho levou o vaso e colocou o vaso pra enfeitar seu novo salão, onde montou colocando o mesmo bem na porta de entrada.

O vaso tinha um letreiro com as iniciais da loja de peças, e realmente ele achou que nunca alguém ia reclamar por ele, e de repente anos depois, estava o cabeleleiro em seu salão de beleza agora na sua cidade natal, e uma moça linda de cabelos loiros, para o carro em frente o salão, aquela mulher maravilhosa, e ele nem viu que seu carro tinha as mesmas iniciais da loja de autopeças. O olhar daquela mulher o envolveu, e ela perguntou onde tinha comprado o tal vaso pra ele, o mesmo muito simplesmente disse que foi pego numa rua perto de uma lixeira, e que era o vaso mais bem trabalhado e feito, ela sorriu pra ele disse: – obrigada!.

Foi então que ela esclareceu a história, que o vaso era dela, e tudo mais, trocaram os telefones e se apaixonaram hoje namoram, por gostarem  de  algo em comum, as flores, o vaso. Algo que um pequeno roubo sem intenção virou um relato lindo de amor desde então.