Descubra o que fez você escorregar

Um feiticeiro africano conduz seu aprendiz pela floresta.

Embora mais velho, caminha com agilidade, enquanto seu aprendiz escorrega e cai a todo instante. O aprendiz blasfema, levanta-se, cospe no chão traiçoeiro e continua acompanhar seu mestre.

Depois de longa caminhava, chegam a um lugar sagrado. Sem parar, o feiticeiro dá meia-volta e começa a viagem de regresso.

– Você não me ensinou nada hoje – diz o aprendiz, levando mais um tombo.

– Ensinei sim, mas você parece que não aprende – responde o feiticeiro.

– Estou tentando lhe mostrar como se lida com os erros da vida.

– E como devo lidar com eles?

– Como deveria lidar com seus tombos – responde o feiticeiro. – Em vez de ficar amaldiçoando o lugar onde caiu, devia procurar aquilo que o fez escorregar.

Há pessoas que agem como esse aprendiz de feiticeiro. Ficam se lamentando, dizendo que não são reconhecidos pelos outros, reclamam do salário baixo, da empresa que não tem um plano de carreira e que por isso eles não crescem profissionalmente. Reclamam da família, dos amigos.

Em vez de reclamarem, deviam refletir para identificar onde estão errando e, assim, corrigir os erros que estão impedindo o seu crescimento.