Coisas acontecem em nosso caminhar

Muitas coisas acontecem pelo nosso mundo…

Vimos por estes dias a loucura dos atentados de Paris; se bem que horrores e atentados acontecem todos os dias na nossa nação…

Terrorismos assolam nossos caminhos… Terrorismo do ódio e da falta de amor… Da falta de pão e da falta de caridade…

Vemos tantas loucuras ocorrerem que sequer somos capazes de parar um pouco e pensar que agora mesmo estes horrores podem estar batendo às nossas portas e podem ocorrer com um de nossos parentes ou amigos…

Neste calor feroz que vem aquecendo mais e mais em nossa cidade podemos perceber que temos a obrigação de nos firmar nos “calores” do amor e da coerência evangélica que deve sim aquecer nossos corações…

As coisas que acontecem não podem ficar esquecidas… Ou simplesmente serem vistas como acontecimentos sem nexo e sem sentido, mas sim serem algo que nos ajuda a entender aquilo que ocorre e para que ocorre e o que quer nos ensinar…

Achei legal o que acontece com quem doa sangue… Que tem dia de folga no trabalho… Não deveríamos ter recompensas para isso, mas é legal que isso ocorra, pois pode salvar vidas e pode ensinar a gente a se doar para que amanhã alguém doe também a nós se necessário for.

Como acontecem coisas boas… Como o menino Giovani que recebeu aquele carinho medonho do Grupo de Voluntários de Botucatu e puderam mostrar que acontecem coisas maravilhosas e estupendas quando o coração se abre ao novo, ao acolher e ao esmorecer o coração de pedra que parece ocupar espaços em nosso peito…

Coisas vão acontecendo em nosso caminhar e sequer percebemos, não é mesmo?

Coisas e pessoas vão se encontrando e desencontrando e não conseguimos perceber o quanto temos que mudar e o quanto temos que aprender a reconhecer nas pequenas coisas a presença do bem que fazemos ou podemos fazer.

Como nossos irmãos de outra Igreja se solidarizaram doando seu sangue para o Hemocentro que está com necessidade… Deus abençoe os irmãos e irmãs da Igreja Internacional da Graça de Deus  (IIGD) de Botucatu e possam lembrar que estão fazendo o que Cristo deixou de exemplo: dar seu próprio sangue para a vida de muitos…

Isso tudo acontece em nossa terra e não se pode perder tempo com acontecimentos ruins ou que não deixam marcas indeléveis em nossas vidas…

Por isso o acontecimento do beijo de Jesus, pelos lábios de Maria e no abraço de José podem continuar a acontecer nas coisas boas que a vida nos oferta…

Valeu!!!

Eu,

Pe. Delair Cuerva,fmdp