ANJOS E DEMÔNIOS ( Ron Howard, 2009)

O Filme que trato aqui não é lançamento e já passou há algum tempo nos cinemas, mas vale a pena assistir para quem ainda não teve chance. Dica de DVD.

O filme baseado na obra de Dan Brown conta a primeira aventura do Professor de Simbologia Robert Langdom, Desta vez, Robert é chamado a um dos maiores centros de pesquisa científica do mundo, o CERN para investigar um estranho símbolo marcado a fogo no peito de um cientista suíço. O misterioso assassino consegue matar o cientista e roubar uma das armas mais poderosas da história. Agora, Langdon vai para a Cidade do Vaticano para impedir que a antiga fraternidade dos Illuminati, agora ressurgida, consiga efetuar a sua tão sonhada vingança contra o seu inimigo mais odiado, a Igreja Católica.

Embora a saga ocorra antes do famosíssimo “Código Da Vinci”, estrelado pelo mesmo personagem, o filme “Anjos e Demônios” supera o filme sobre o Código em diversos aspectos.

O Filme “Código da Vinci”, ao meu ver, não fez jus ao conteúdo do livro de maior sucesso de Dan Brown. Talvez pelas muitas informações teóricas envolvidas, entre as quais a polêmica tese de que Jesus teria tido uma filha, mas também pela enorme expectativa gerada em torno do lançamento da película. Eu, particularmente, gostei do filme, mas saí do cinema com a sensação de que Ron Howard, diretor, poderia ter feito um trabalho melhor.

Howard deve ter tido a mesma sensação, pois “Anjos e Demônios”, é bem melhor. O filme tem mais ação, tem mais agilidade. Até mesmo Tom Hanks está mais confortável na pele de Robert Langdom do que quando fez “Código Da Vinci”.

A história é excitante e como qualquer trama de suspense e assassinato, o expectador deve ficar atento ao desenrolar dos acontecimentos, pois “ o mordomo nem sempre é o culpado”. Pensem nisso.

Muitos podem não querer assistir a este filme, já que Dan Brown não é lá muito bem visto pelos católicos, haja visto a polêmica do livro “Código da Vinci”, mas quem se propõe a ler os livros de Dan Brown e a assistir os filmes baseados em suas obras não devem levar a “ferro e fogo” as teorias expostas nas histórias.

O filme “Anjos e Demônios” é muito bom e é um ótimo entretenimento para a “sessão DVD” do fim de semana.

Érika Svícero Martins França
Jornalista – MTB 28.063.