Acontecimentos…

Quantas vezes acontecem coisas em nossa vida que nem sempre entendemos, não é?

Acontecem coisas ruins e coisas boas… Coisas que nem sempre se entendem, ou que nem buscamos entender, pois não cabem em nosso pensar por não fazer parte, por vezes de nossos anseios…

Deparamo-nos com cada coisa em nosso caminhar que nem sempre sabemos explicar, mas nos ensinam a bem viver e melhor viver…

Ser capazes de encarar estes acontecimentos é o que deve mais e mais nos fortalecer e nos deve fazer ser capazes de seguir avante, sem medo ou medos.

Creio firmemente que estes acontecimentos são partes integrantes de nosso existir e que nos devem fazer capazes de erguer a cabeça e seguir aprendendo a ser melhores ou fazer melhor aqueles que estão ao nosso redor… Cada acontecimento deve ser como uma aula de vida.

Cada encontro ou desencontro nesta vida deve nos servir para entender algo que tenhamos que fazer.

As coisas a cada instante vem ao nosso encontro para nos ensinar a aprender.

Estes dias precisava de uma boa notícia e a mesma “veio a galope” numa velocidade ímpar e me ensinou que nada pode acontecer sem que seja a vontade de alguém lá no alto ou, como dizem os pensadores, de um primeiro motor.

Nada pode nos deixar abater nestes encontros e desencontros a não ser a grande certeza do aprendizado que temos que ter.

As coisas vêm e vão e devem estar nos ensinando que, neste ir e vir, estarão nos mostrando mais que queremos ver, mais que queiramos fazer, muito mais.

Estar disponíveis a aprender é o que devemos estar.

Não deixar cada instante passar diante de nossa vida é o que há de ser.

Temos que seguir avante e não ter medo.

Os aprendizados devem nos ajudar e não nos deixar pasmados ou estacionados… Devem ser realmente o que são: aprendizados, mas não algo que se aprende e nunca se usa, mas algo que sirva a nos empurrar, impulsionar a não deixar para amanhã o que se devo fazer hoje.

As coisas nos advém e precisamos aprender a ensinar e ensinar aprendendo a cada momento.

Nada pode nos impedir de amar e de ir em frente.

Não podemos parar no caminho e sim deixar de olhar para o passado como se fosse nosso futuro ou presente… Temos sim que olhar pra frente.

Aprendamos a seguir avante.

Aprendamos a não deixar passar cada oportunidade de ser felizes.

Não deixemos as coisas passarem diante de nós; mas sim façamos nossa parte que é essencial para o mundo ser melhor.

Com um beijo de Jesus, pelos lábios de Maria e na providência de José será bem mais fácil isso tudo acontecer.

 

Eu, que busco tanto amar, amar e amar;

 

Pe. Delair Cuerva, fmdp

 

*** Ouça-nos no www.asfa.com.br de meia noite ás duas da madrugada e às 17h550 na municipalista… Também não esqueça de estar comigo nesta terça às 20h00 na ASFA.