Acontece tanta coisa em nossa vida…

Acontecem coisas boas e coisas ruins; coisas que não entendemos e coisas que não queremos entender…

 

Acontece o que tem que acontecer e o que provocamos que aconteça…

 

Muitas são às vezes em que, não entendendo as coisas, acabamos por fazer acontecer aquilo que menos esperamos.

 

Pois é… Outro dia me disseram que eu estava doente demais para ir para a TV e acontece que mentiram… Como é fácil fazer acontecer a mentira!

 

Já até me mataram várias vezes e acontece que estou vivinho “da Silva”.

 

Pior é quando não acontece nada por conta de nossa preguiça ou comodismo.

 

Quando menos esperamos nos colocamos em nossos marasmos ou ambições perdidas em status que sequer existem e terminamos por nos perder em meio às nossas próprias criações.

 

Tem gente que acha que porque é isso ou aquilo pode mais aquilo e aquilo outro esquecendo que a vida nos é dada para fazermos o melhor para que este melhor volte a nós.

 

Fico absorto ao ver pessoas que acham que podem mais que as outras quando nada fazer por merecer ou por cobrar.

 

Acontece que se não melhorarmos nosso modo de ser nada conseguiremos a não ser sermos excluídos das relações inter ou extra pessoais… Se bem que tem gente que gosta!

 

Por vezes queremos ter as coisas, mas não queremos ajudar a fazer com que estas coisas aconteçam e, bem por isso, acabamos por não ter aquilo que queremos ou precisamos ter ou ser.

 

Por vezes poderíamos ter mais e ser mais; mas nosso marasmo em fazer esbarra e destrói as coisas boas que poderíamos ter.

 

É… Acontece cada coisa; principalmente quando se vive em comunidade; se bem que todos vivemos já que nenhum homem é uma ilha!

 

Bom, sem maiores acontecimentos espero que recebamos um beijo de Jesus, pelos lábios de Maria e no aconchego de José em nosso coração para aprendermos a acontecer sem reservas ou sem manias de achar que nosso acontecimento tem que marcar de dores e lamentos as outras pessoas.

 

Eu…

 

Pe. Delair Cuerva,fmdp