ACONTECE COM POLÍTICA CULTURA E SOCIAL

– Com uma deliciosa reunião no Lions Clube Centro, gentilmente cedido por sua Diretoria através da presidente Arlete Cataneo, fiz a festa de retorno ao colunismo em Botucatu dia 30 de setembro. Não preciso nem dizer da alegria que sinto com a calorosa recepção dos amigos…

– Noite prestigiadíssima por uma elite sócio cultural que foi me cumprimentar e ouvir nossa Camerata Estrela Eta Carinae interpretar uma seleção musical especial para mim, onde até o maestro Bruno Barreira tocou seu violino italiano centenário e degustar um coquetel especial do Claunil Buffet. A Loja Luggi de instrumentos musicais emprestou o piano. Meu querido amigo Nenê Bueno, com seu escudeiro Moacir, foram documentar para Memórias de Botucatu da TV Alpha. Aos presentes e em especial Neide Godoy Almeida e Eneida Marcondes Aiello, que viajaram para me cumprimentar, meus agradecimentos.

Todos os colunistas sociais da cidade foram me prestigiar: Adelina Guimarães, Enza Denadai, Rodrigo Scalla e até o João Bosco fotografou para mim, o que me deixou extremamente feliz pois prova que há espaço para todos.

Compuseram a Camerata: maestro Bruno Barreira, Giovana Ceranto, Marcelo Pessoa, Wanderley Pizzigatti e Marcelo Barreira a quem agradeço o presente!

–  Semana agitada na área cultural com a Noite de Posse na Academia Botucatuense de Letras, onde ingressou como membro efetivo o Acadêmico Arcebispo Dom Mauricio Grotto de Camargo, que discorreu brilhantemente sobre seu Patrono da cadeira 15, José Martins Fontes e seu antecessor Eugênio Monteferrante Neto e declamou várias poesias quase inéditas. Mesa composta pelo Vice Prefeito Caldas, presidente da Câmara Municipal, Curumim, Newton Colenci, presidente da A.B.L., Olavo Godoy, secretário da A.B.L. e pelo acadêmico Dom Mauricio.

– Bela cerimônia contando com Maria Helena Blasi, Armando Morais Delmanto e Carmem Silvia Martin, que introduziram o novo acadêmico na bela capela onde foi a cerimônia, colocaram seu botton e medalhão. Abraço afetuoso da mãe do arcebispo emocionou a seleta platéia que lotou a capela artística.

Nossa Camerata também executou as músicas do evento. Foi delicioso ouvir maestro Bruno Barreira executando Saudades de Botucatu, do Angelino de Oliveira, com seu original arranjo musical feito especialmente para a ocasião. Um jantar recepcionou os convidados no final.

_ Desejo toda sorte do mundo a linda menina Antonella Dinucci, filha da Camila e neta da Carmem Teresa, que completou 4 aninhos em uma linda festa em Sampa.

– Minha querida amiga Adelina Guimarães encantou a todos com sua exposição de fotos de flores do Serrado. Ela não se considera uma fotógrafa, mas isso é modéstia… tem até premiação. Ela possui um olhar muito próprio para focar…

Com o nome Amor de Divas acontece uma linda exposição de fotografias de Malu Ornelas no espaço do Poupatempo. Conselho Municipal do Idoso, Barduco Automóveis Antigos, Ótica Fernando Trevizo, Espaço Vip Noivas, Lilian Ornelas e Murilo Murback, maquiagem e cabelo são os nomes que constam dos agradecimentos. Associação Bom Samaritano e Secretaria da Cultura e Prefeitura Municipal apóiam. São lindas fotos de idosos produzidos como se fossem divas e galãs,  vale a visita.

Detesto receber trocentas propagandas na minha caixa de correio pois a entopem. Supermercados Central, Jau e Pão de Açucar são campeões… Fica o protesto…

– Vários alunos do Studio de Dança Cynthia Denadai trouxeram prêmios obtidos em Americana  na competição Som Luz e Dança. São eles: Segundos lugares: Larissa Blasi e Letícia Mastranjo de Oliveira (Pequenas Bailarinas); Rafa Alves, Giulia Spadaro Tecchio e Larissa Mastranjo (Mirlintons). Terceiros lugares: Larissa Blasi, (La file mal gardee); Letícia Rodrigues e Rafa Alves (Chamas de Paris); Beatriz Cavallante, Laura Peniche e Larissa Mastranjo Oliveira (Odaliscas); Rafa Alves, Maxwell Rodrigues, Rafael Santos Correa, Laura Peniche, Giulia Tecchio, Larissa Mastranjo, Beatriz Cavalante (Coragem) e Rafa Alves (Dom Quixote). Parabéns aos artistas mirins!

– Otávio Augusto Ferreira o dinâmico diretor do Sesi de Botucatu convidou maestro Bruno Barreira para ser membro do Juri da competição de cantores no Talento Musical da Indústria, dia 09 de outubro. Nathalia Cogo, a assessora de comunicação disse que este ano Otávio quis colocar um profissional da música no júri. Muito boa escolha, pois como maestro seu conhecimento musical é expressivo.

– Fernando Mendes Blasi, no meu evento, cobrou sobre o paradeiro do nosso Museu, que leva o nome de seu saudoso pai, Francisco Blasi. Também buscamos faz tempo essa resposta… Assunto para outra coluna…

_ Amigos radialistas me dando boas vindas pelas rádios, Wanderlei dos Santos, Lunardinho e Caio Burini. Belas equipes jornalísticas da Municipalista, Clube FM e Emissora de Botucatu, PRF8. Sempre sou muito citada e prestigiada pelas nossas emissoras. Beijão!

– Jornal Diario da Serra do querido amigo Pedro Manhães, através das colunas da Adelina Guimarães  do Rodrigo Amat Scalla também nos dando espaço, assim como o novo Apparenza da amiga Enza Denadai também me aplaudindo o retorno, mostrando que um trabalho sério é reconhecido pelos seus colegas. Estamos num mesmo barco… Importante o respeito e a união.

– Samir Abdallah assumindo o CIESP Regional de Botucatu. (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo).

– Edinho Batistão, secretário de Desenvolvimento Indústria e Comércio de Botucatu e o vereador e presidente da Câmara Municipal Curumim estiveram com o Governador Alkmin assinando a parceria do programa Via Rápida, para facilitar abertura de empresas, desburocratizando o processo que agora em até 24 horas se consegue um alvará, coisa de 30 dias antes.

– Dilma sancionou a Lei que muda de um ano para seis meses o prazo para filiação partidária. O que seria para se encerrar dia 2 agora irá até 2 de abril do ano que vem. Alguns políticos gostaram, como Lelo Pagani, que terá mais tempo para montar uma chapa.

– Será que este ano teremos mais presença feminina disputando as urnas? Quando teremos uma candidatura a prefeita? Quem reina sozinha na Câmara por enquanto é a Rose Ielo.

– Caio Burini ingressando no PRP. Será candidato a vereador ou a prefeito?

– Difícil prever as preferências do eleitorado a prefeito… Muitos candidatos em potencial… Alguns na expectativa… João Cury filiou recentemente mais três pessoas ao PSDB: Mario Pardini, Alessandra Lucchesi e o Alemão e são possíveis candidatos junto com Izaias Colino, Curumim e Caco Colenci, sempre citados do PSDB.

– Mais um corte do governo Dilma, agora na saúde, tirando o desconto e a distribuição do remédio popular, isso irá onerar os municípios que são quem fornecem os medicamentos à população de baixa renda. Péssima gestão! Corta verba de educação e de saúde! Mas sobra para enviar aos países amigos de governos totalitários…

CRÍTICA DO DIA:

– Quando será que o Prefeito e a Secretaria da Cultura daqui irão entender que é necessário nomear um Maestro Botucatuense para ocupar a Regência da Orquestra Municipal de Botucatu?

Nenhum outro maestro de fora da cidade, por mais “nome” e currículo pomposo que possua, até internacional, irá ter o comprometimento com a cidade e com a sociedade botucatuense!

O cargo é uma NOMEAÇÃO delegada ao prefeito, como toda nomeação o indivíduo tem que estar a serviço do programa e propostas do eleito e suas ações deverão estar em consonância com os anseios nossos.

Todos vêem a crise institucional que ocorre dentro da OSMB, com as brigas internas e as agressões que culminaram com a saída do maestro Marcos Virmont e posteriormente de muitos membros, deixando a orquestra quase acabada.

Há uma aberração jurídica de uma “comissão” dentro da orquestra, que inclusive está interpretando suas atribuições de forma equivocada pelos seus membros, que se arvoram no direito de se sentirem “donos” de nossa Orquestra, que é sustentada com o meu, o seu, o nosso dinheiro!

Esses elementos despedem arbitrariamente, impedem músicos botucatuenses de se aproximarem e fazerem parte da Orquestra, ao ponto desta estar completamente desfalcada e descaracterizada! Usam critérios meramente pessoais e mesquinhos e agridem, gerando um clima belicoso e assustador. Agem na imposição e no grito, como fizeram com o maestro Bruno quando este tentou se aproximar dos músicos para conversar dia desses.

A Orquestra foi criada para privilegiar os músicos botucatuenses, mas o que vemos é a preferência a elementos de outras cidades, que ganham até salário maior em detrimento aos músicos locais. Hoje há mais músicos de Tatuí e outras cidades que daqui.

Mais uma vez chamaram um maestro de outra cidade para reger, desta vez de forma provisória, quando possuímos um maestro botucatuense com formação e experiência, inclusive internacional. Mas essa comissão tenta passar através da imprensa que esse novo maestro é o “Titular”. Publica nas páginas sociais da OSMB e divulga até na imprensa quando sabemos que ele ainda não foi nomeado. Se foi nada foi divulgado oficialmente.

Conversei com esse maestro provisório, Sr. Dario Sotelo e ele me disse claramente que o negócio dele era vir nas segundas feiras ensaiar e ir embora e receber por isso. Não quer se envolver com nenhuma outra questão além.

Lastimável o fracasso de público da última apresentação da nossa OSMB! Não há ligação e nem apelo com um regente desconhecido, descomprometido com a cidade e a Instituição. Fica caro manter uma orquestra e o que deveria ser um patrimônio e um celeiro para novos talentos da cidade torna-se um elefante branco. O primeiro concerto que estava agendado foi cancelado. O seguinte foi um fracasso de público, meia dúzia de gatos pingados na platéia… Só teve público o espetáculo feito especialmente para a rede escolar, pois os alunos foram levados ao teatro.

Não é possível mais insistirem no erro de chamarem maestro de outra cidade a peso de ouro quando nós temos aqui um maestro botucatuense de formação, titulação e experiência!

 Falo do maestro Bruno Cesar Miranda Barreira, que ajudou a criar a orquestra e tocou nela por muitos anos, até ir ao exterior se aperfeiçoar e estudar por dez anos. Possui um projeto para a orquestra, com criação de escolas de formação e estudo musical, orquestra infantil, juvenil e terceira idade, descentralização dos espetáculos, levando a orquestra até os bairros afastados, entre outros projetos. Arranjador e compositor, já tocou e regeu no Brasil e no exterior. É botucatuense, conhecedor de nossa realidade e tem o desejo justo de ser regente em sua cidade e em sua orquestra. Não existe NENHUM outro maestro botucatuense de formação e experiência! Ele possui apoio de importantes entidades culturais e musicais daqui.

Vamos cumprir o que determina a lei da OSMB e prestigiar o músico e autor de Botucatu!

Maestro Bruno Barreira para Regente da OSMB!