30 ANOS SEM GRACE KELLY, PRINCESA DE MÔNACO, RAINHA DE HOLLYWOOD

Há pouco tempo dissertei, nesta coluna, sobre os trinta anos de falecimento da diva Ingrid Bergman. No próximo dia 14 de setembro, completa-se 30 anos de falecimento de outra lenda de Hollywood: Grace Kelly.

Nascida Grace Patrícia Kelly, Grace Kelly, assim como Ingrid Bergman, foi uma das atrizes mais belas do cinema, além, também, de ter sido uma das grandes musas do “mestre do suspense”, Alfred Hitchcock.

Muitos vão lembrar dela como “Princesa de Mônaco”, já que em 1955, durante a sua participação no Festival de Cinema de Cannes, conheceu e se apaixonou por Rainier III, príncipe soberano de Mônaco.

Grace Kelly foi conhecida na era de ouro do cinema por sua beleza, mas, também, por seu talento. Ganhou prêmios como Globo de Ouro e Bafta, mas ganhou o Oscar de melhor atriz pela atuação no filma “Amar é Sofrer”.

Para quem quiser se lembrar ou conhecer o trabalho desta excelente “atriz-princesa” basta assistir os “mega-clássicos” de Hitchcock: “Janela Indiscreta” ( interpretando Lisa Carol ao lado de outra lenda da sétima arte James Stewart), “Disque M para Matar” ( atuando como Margot Mary ao lado de Ray Miland ) e “Ladrão de Casaca” ( sendo Frances Stevens ao lado do renomado Cary Grant ).

Grace Kelly sempre chamou a atenção pela sua beleza e sempre teve porte de princesa antes mesmo de se tornar uma, mas suas ações iam além da estética.
A atriz sempre esteve a frente de campanhas filantrópicos, em especial, ? queles que ajudavam o desenvolvimento de artistas emergentes. Após se tornar Princesa de Mônaco, Grace Kelly intensificou seus trabalhos sociais.

O casamento com o príncipe Rainier III se deu em 1956 e o vestido de noiva usado pela atriz é, ainda hoje, um dos mais copiados ( serviu de inspiração, há pouco, para o vestido de Kate Middleton em seu casamento com o príncipe William, filho de Lady Di ).

Grace Kelly faleceu em 14 de setembro de 1982, em um acidente automobilístico em Monte Carlo, quando seu carro caiu em um penhasco.

30 anos se passaram de sua morte e Grace Kelly permanece como uma das atrizes mais influentes de Hollywood. Sua influência foi tamanha que se tornou a primeira atriz a aparecer em um selo postal americano.

Em 2011, produtores já anunciaram a produção do longa “Grace de Mônaco”, filme inspirado na vida de Grace Kelly e que será protagonizado por Nicole Kidman.

Grace Kelly é inesquecível. Se em Mônaco ela foi Princesa. Em Hollywood sempre foi rainha.

{n}Érika Svícero Martins França
Jornalista – MTB 028.063