Voluntárias iniciam separação de roupas da Campanha

“Sem o apoio dessas pessoas que estiveram com a gente, nada disso seria possível. Agradeço de coração, todos aqueles que estiveram conosco nesta campanha e nos ajudaram”, disse a presidente do Fundo Social de Solidariedade (FSS), Rachel Cury, comemorando o sucesso da Campanha de Agasalho 2010, realizada durante o último sábado, em todos os bairros da cidade.

Durante a campanha foram disponibilizados 25 caminhões que percorreram os principais bairros de todas as regiões de Botucatu, com cerca de 300 pessoas voluntárias, entre atiradores do TG, escoteiros, Guarda Civil Municipal, funcionários da Sabesp, entre outros que ajudaram na coleta.

Todo material coletado, foi depositado em uma casa na Rua Cardoso de Almeida, onde funcionou por muitos anos a Pensão Silva no centro da cidade, imóvel que foi adquirido pela Prefeitura Municipal e está passando por reforma. Na manhã desta segunda-feira, várias mulheres iniciaram trabalho de separação das roupas para que elas sejam entregues ? s famílias carentes do município.

Entre essas mulheres está Helena Vocci que se orgulha de ser voluntária há 20 anos. “Faço isso por prazer. Comecei com a dona Erô (Erotides Cury) no governo do Jamil (Cury) e agora com a mulher do filho dela que é nosso prefeito. O trabalho é cansativo, mas prazeroso” disse Helena.

Se Helena está há vários anos fazendo esse trabalho voluntário, Cleuza Carmelin participa pelo primeiro ano. “Estou gostando, pois entendo que não custa nada dar minha parcela de contribuição para ajudar. Estou fazendo isso com muita satisfação”, disse a “novata”.

Para Sandra Basso Golveia, que faz esse voluntariado há nove anos, a campanha deste ano poderá superar a do ano passado, que bateu o recorde de roupas arrecadadas. “Tem muita roupa aqui. Mais uma vez a população de Botucatu, realmente, se engajou na campanha e contribuiu. Com isso muitas famílias receberão roupas para usar durante o inverno”, disse.

Já Marilene Gomes Trindade, que está no seu 6º ano de voluntariado, alegou que pretende ficar até que toda roupa esteja separada. “Acho que vamos levar uns 20 dias para separar tudo, mas não tem problema, faço questão de estar aqui para ajudar. Seria interessante que outras pessoas também participassem. Não precisa vir todos os dias, bastam duas ou três horas dia, que já estará ajudando bastante”, convidou Marilene.

Embora a campanha tenha sido deflagrada no último sábado, a presidente do FSS, adianta que as doações ainda poderão ser feitas nos postos de coleta espalhados pela cidade até o dia 18 deste mês. Em cada posto há pelo menos uma caixa onde a população pode depositar as peças de roupa de frio que não estão mais em uso.

{n}Em 2009{/n}

No ano passado, a campanha arrecadou um número recorde de peças, no total de 189.156, entre roupas femininas, masculinas, infantis, cobertores e outros itens. Caso precisem de agasalhos, de forma emergencial, as famílias podem entrar em contato com o Fundo Social de Solidariedade pelo telefone 3811-1519.

Vale lembrar que no mês de abril, o Fundo Social conseguiu cadastrar 2.885 pessoas de famílias carentes de Botucatu, e que serão agraciadas com peças de roupas para o inverno.

Fotos: Fernando Ribeiro