Vereador pede isenção de pedágio para moradores de Anhumas

A Serra de Botucatu está fechada desde janeiro deste ano, e ao que tudo indica, ficará interditada para o trânsito de veículos por pelo menos mais um mês. O fato está gerando enormes prejuízos para moradores que precisam passar pelo local diariamente. A reportagem do Acontece Botucatu já trouxe relatos angustiantes de pessoas que estão com sérios problemas por terem que viajar dezenas de quilômetros a mais todos os dias.

Na última segunda feira, 15, deu entrada na Câmara Municipal o requerimento nº 045/2016, de autoria do vereador Izaias Colino (PSDB), que pede para CCR Vias isenção na tarifa do pedágio na Rodovia Castelo Branco para moradores de Anhumas, que estão desembolsando R$ 11,30 para alcançarem o retorno via Bofete e posteriormente acesso a SP 280. Ou seja, ida e volta são R$ 22,60 por dia.  “Eu peço justamente isso para a CCR Vias, pois não acho justo os moradores pagarem por aquilo que eles não tiveram culpa. Hoje os moradores de Anhumas precisam fazer um retorno enorme por Bofete para depois alcançarem a Rodovia Castelo Branco para chegarem até Botucatu”, explica Colino.

Ainda no documento, o parlamentar pede a Concessionária Rodovias do Tietê, empresa que administra o trecho, mais agilidade nas obras de reparo no Km 237, local da interdição. Ele teme que mais pontos da Serra possam estar comprometidos. “Eu quero que a empresa informe se existe estudo sobre os outros pontos da Serra, se há o risco de ocorrer o mesmo em outras passagens, o que seria terrível. Peço também mais celeridade nas obras, pois moradores de outros locais como o distrito de César Neto estão praticamente ilhados. Os produtores rurais estão sofrendo um enorme prejuízo”, coloca Colino.  

Na última semana a reportagem do Acontece Botucatu relatou alguns dos muitos prejuízos e transtornos que a interdição vem causando. A Serra de Botucatu foi totalmente interditada para o fluxo de veículos no dia 11 de janeiro, após as fortes chuvas que caíram na região. O asfalto cedeu em boa parte da pista na altura do Km 237. A Rodovias do Tietê informou em nota que a Serra será reaberta apenas na segunda quinzena de março. Isso se o tempo colaborar.