Unesp de Botucatu conta história do livro em fotografias

Com duas exposições e uma livraria itinerantes, a Editora Unesp chega, a partir do dia 19 de novembro (segunda-feira), ? cidade de Botucatu. A ação, que será realizada em dois câmpus da Unesp: Rubião Júnior e Fazenda Lageado, faz parte das comemorações dos 25 anos da editora. As exposições e a livraria itinerante seguirão depois para Rio Claro. Em todas as cidades visitadas a editora também promove palestras sobre temas relacionados ? livros e leitura.

Dia 19, ? s 16 horas, no Salão Nobre da Faculdade de Medicina, será realizada a Mesa redonda: Livros e leituras no Brasil, com o professor José Castilho Marques Neto (foto), diretor da Editora Unesp. As exposições poderão ser visitadas no mezanino da Biblioteca do Câmpus, em Rubião Jr, dias 19 e 20 de novembro, das 8 ? s 20h30.

Uma das mostras, Impresso no Brasil, baseada no livro homônimo que recebeu o Prêmio Jabuti na categoria Comunicação em 2011, reúne cerca de 90 fotografias em 30 painéis para contar a história do livro e da leitura no Brasil, desde a instalação da primeira tipografia. Apresenta fotografias que abrangem de cenas da implantação da imprensa régia e de tipografias do século 19 a ilustrações de obras consagradas de Machado de Assis e capas de livros que marcaram a vida e a imaginação do brasileiro. O último bloco de painéis refere-se ? história da Editora Unesp e remete a temas como a busca de conhecimento, o foco no leitor, o compromisso social e as obras premiadas ao longo dos anos.

A segunda exposição, paralela, Edição fora de série, apresenta obras de arte produzidas a partir de 15 livros que marcaram a trajetória da Editora Unesp. Os livros-objeto foram criados por quatro jovens artistas ligadas ao Instituto de Artes da Unesp.

Um deles é Modesta proposta (Jonathan Swift), uma paródia a textos científicos do século XVIII que sugere o canibalismo de criancinhas como solução eficaz para eliminação da pobreza. A “sugestão” levou a artista Sofia Jajam a conceber uma obra em que uma cabeça de criança emerge do livro, revestida com uma página impressa. Sobre a capa de outro livro, A aventura do livro: do leitor ao navegador (Roger Chartier), a artista montou, com tiras feitas de páginas da obra, uma cinta de Möbius, que simboliza o infinito.

Entre os 15 títulos ícone para a editora estão também O horror econômico (Viviane Forrester), Escrita da História (Peter Burke), O ouvido pensante (Murray Shafer), Machado de Assis: relíquias culinárias (Rosa Belluzzo), ganhador do Jabuti na categoria Gastronomia em 2011, e Monteiro Lobato – Livro a livro (João Luis Ceccantini e Marisa Lajolo), também premiado com o Jabuti em 2009 como melhor livro do ano de não-ficção.

{n}Livros com desconto{/n}

A livraria móvel, com grande diversidade de títulos da Editora Unesp, funcionará em área próxima ? das exposições e permanecerá aberta no mesmo horário. Os livros serão vendidos com descontos de até 50% a todos os interessados, e não apenas a estudantes, professores ou funcionários da Unesp.