Um ano sem David Devidé

O 28 de fevereiro é uma data triste sim, mas ao mesmo tempo recheada de boas lembranças. Há exatamente um ano falecia o fotógrafo David Devidé. Em um sábado ensolarado, o profissional se sentiu mal durante a cobertura do Brasil Ride em Botucatu, não suportou um infarto, e faleceu momentos depois fazendo o que mais gostava, ou seja, clicando as pessoas e o momento.  

Funcionário do Poder Judiciário, Devidé tinha na fotografia sua grande paixão. Foi o maior colaborador da História do Acontece Botucatu, veículo pelo qual nutria um grande amor, fruto da intensa relação de amizade que mantinha com os antigos sócios do Jornal, Valéria e Quico Cuter.

David José Devidé era uma das pessoas mais queridas de Botucatu. Além de comprometido e competente, era um profissional de característica única: Jamais tirava o sorriso em suas jornadas.