Tratativas para a Policia Federal em Botucatu avançam

O prefeito João Cury Neto reuniu-se com o superintendente da Polícia Federal (PF) no Estado de São Paulo, Dr. Roberto Troncon (foto), para discutir a instalação de um posto da Polícia Federal em Botucatu. As negociações foram iniciadas em 2011 e conduzidas pelo delegado chefe da PF em Bauru, Carlos Alberto Fazzio Costa.

De acordo com ele, a região de Botucatu responde por cerca de 40% da demanda pela emissão de passaportes da unidade regional. Esses números credenciaram o município a pleitear a instalação de um posto com a finalidade de oferecer mais conforto ? s pessoas que procuram por esse tipo de serviço. Hoje, elas são obrigadas a irem até Bauru duas vezes: para agendar o atendimento e fazer a retirada do documento.

No encontro com o superintendente da PF, o prefeito João Cury conseguiu avançar na definição de um calendário para instalação do posto em Botucatu. A ideia é trabalhar para que isso aconteça no primeiro semestre de 2014.

“Há mais de dois anos estamos lutando pela vinda da Polícia Federal em Botucatu. Temos trabalhado muito para isso. Pela conversa que tivemos hoje acho que esse sonho em breve será realidade. Se tudo correr bem poderemos oferecer esse benefício ao povo de Botucatu e região já em 2014”, informa o prefeito.

A Prefeitura tem oferecido todo o apoio operacional e institucional para viabilizar a vinda da PF para a cidade. Alguns locais já foram vistoriados e outras opções estão sendo consideradas. A instalação do posto para emissão de passaportes é o embrião para que, futuramente, Botucatu possa contar com uma Delegacia da Polícia Federal.