Transporte coletivo volta a circular pela Rua Curuzu

Apesar de a chuva ter atrapalhado alguns dias, a aplicação do novo asfalto tem sido feita de maneira bastante ágil justamente para que se pudesse liberar o trânsito aos poucos

 

As obras de recape da Rua Curuzu, um dos principais corredores do Centro de Botucatu, que tiveram início há cerca de duas semanas a partir do cruzamento da Rua Pedro de Barros Filho na confluência com a Avenida Petrarca Bacchi, chegaram nesta sexta-feira (27) na altura do cruzamento com a Rua Emílio Cani. 

Já foram utilizadas mais de 700 toneladas de massa asfáltica. No total serão recuperados cerca de 3 km de pavimento, ao longo de 27 quarteirões da Curuzu, até a rotatória da Avenida Mário Barbéris, entrada da Cohab 1.Caso as condições climáticas sejam favoráveis, a previsão é que os serviços sejam concluídos até o dia 10 de dezembro. 

De acordo com a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semutran), a partir de segunda-feira (30) todo o transporte coletivo que estava sendo desviado para a Rua Amando de Barros voltará a circular pela Curuzu, a partir da Rua Prudente de Moraes.

“A primeira semana de obras na Curuzu foi exclusivamente para fazer a fresagem (retirada do excesso de asfalto) dos pontos mais críticos e assim acertar o nível da rua junto às guias e bueiros”, comenta o secretário municipal de Obras, André Peres, que também ocupa interinamente o cargo de secretário municipal de Mobilidade Urbana.

Ele realça que apesar de a chuva ter atrapalhado alguns dias, a aplicação do novo asfalto tem sido feita de maneira bastante ágil justamente para que se pudesse liberar o trânsito aos poucos. “O recape da Curuzu é o primeiro dentro de uma série de ruas do Centro que está em nossa programação até 2016. Queremos com isso propiciar mais conforto e segurança aqueles que transitam nesta região”, colocou o secretário.