Tradicional Caminhada da Fé reúne cerca de 8 mil pessoas em Botucatu

A Caminhada da Fé desse ano, tradicional evento da Igreja Católica, reuniu cerca de 8 mil pessoas na madrugada desta sexta, 25, de acordo com os números oficiais da organização. Os fiéis, mesmo debaixo de chuva, compareceram em peso para prestigiar esse importante evento que é realizado há mais de 30 anos em Botucatu. O Diácono Adilson do Santíssimo Sacrameto foi o responsável, juntamento com o padre Orestes Gomes Filho, pelos momentos de pregação e adoração.

Outro fator que ficou bem destacado no evento foi a diferença de faixas etárias.

O senhor José Darci, de 69 anos, participa há muitos anos. "Eu venho pela tradição. Minha mãe participava e eu procuro dar continuidade pelo que representa na família. É momento de reflexão e para esquecer um pouco toda essa corrupção que assola nosso país", disse. 

Já o garoto Iago, de apenas 10 anos, participa pelo segundo ano da Caminhada da Fé. Ele já entende a importância de caminhar junto com Deus. "É muito bom estar aqui. Precisamos ter Deus em nossos corações todos os dias", colocou o garoto que está fazendo catecismo. Entre as subidas e descidas do trajeto de aproximadamente 10 km, muita devoção, louvor e orações marcaram o evento. 

José Darci, de 69 anos, participa há muitos anos
 

É muito bom estar aqui. Precisamos ter Deus em nossos corações todos os dias

José Gustavo Buzuca foi buscar a Palavra de Deus
 

André Nascimento, Rafael Basso e Pedro Langona da banda ABR 3

"Participo há 7 anos. É o momento em que aproveito para agraceder, meditar sobre a minha vida, além de buscar sempre a palavra de Deus, para não me perder pelos caminhos tortuosos que a vida muitas vezes nos coloca" afirma José Gustavo Buzuca

Para os músicos da banda de Rock ABR 3, que participaram nos últimos 7 anos animando os fiéis, esse é momento de retribuir a Deus através da música o dom que lhes foi oferecido. "Abrimos mão da nossa agenda para atender ao chamado do padre Orestes. Temos que agradecer por nossas vidas, pelo nosso trabalho e por tudo o que conquistamos em nossas vidas", concordaram André Nascimento, Rafael Basso e Pedro Langona.

Vale lembrar que a Sexta-feira Santa ou Sexta-Feira da Paixão é uma festa religiosa cristã que relembra a crucificação de Jesus Cristo e sua morte no Calvário. O feriado é observado sempre na sexta-feira que antecede o Domingo de Páscoa.

 

Fotos: Anderson França