Tecnaut projeta ampliação e mais emprego em Botucatu

O prefeito João Cury Neto assinou a escritura que oficializa a doação de uma área de 29.484,32 metros quadrados ? empresa Tecnaut, que contabiliza 18 anos de atuação em Botucatu. O terreno está localizado numa área de, aproximadamente, 450 mil metros quadrados, adquirida pela Prefeitura, ao lado do Distrito Industrial 3, com acesso pela Rodovia Marechal Rondon, km255, sentido São Manuel.

“É mais um gesto concreto de reconhecimento a empresas que ao longo dos últimos anos acreditaram no potencial de desenvolvimento da Cidade, contribuindo, consequentemente, para sua riqueza, geração de empregos e consolidação do Município como importante polo industrial do Estado de São Paulo”, frisou João Cury.

O cerimonial foi acompanhado por funcionários e diretores da empresa, como Carlos Roberto de Castro e Laércio Freitas Capello; autoridades públicas, além de representantes da indústria local, entre eles Raul Alberto Tomas, segundo vice-diretor da regional do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) e presidente da Associação do Distrito Industrial 3.

A Tecnaut, que hoje atua principalmente na fabricação de peças para maquinários agrícolas e caminhões, pretende no prazo de dois anos construir sua nova sede, um prédio que poderá ter de 12 a 15 mil metros quadrados de área construída. Ela possui cerca de 340 funcionários e, com a ampliação poderá abrir 110 novos postos de trabalho. “Hoje nosso espaço de pouco mais de 8 mil metros quadrados é dividido em pequenos galpões, o que dificulta o trabalho produtivo. Sem dúvida esse gesto da Prefeitura é um incentivo excelente ? s empresas que são de Botucatu”, afirma Carlos Roberto de Castro, sócio proprietário da Tecnaut.

O secretário adjunto de Indústria, Antonio Carlos Stein, salienta que a doação de áreas para empresas da Cidade é um política pública adotada pelo Poder Executivo Municipal a fim de fomentar o desenvolvimento pleno da indústria, mas que segue critérios. “Esta nova área do Distrito 3 é uma das mais propícias para a instalação das indústrias, mas temos todo um critério para fazer essa doação de áreas, desde saber se determinada empresa tem reais condições de fazer os investimentos prometidos até os impactos ambientais que ela pode gerar ao Município”, argumenta.

O prefeito João Cury Neto reforça que, muito mais que atrair novas empresas, é obrigação do Poder Público criar condições que aquelas já instaladas na Cidade tenham capacidade de se desenvolver com qualidade, gerando muito mais empregos. “Pior que não trazer uma nova empresa é perder o que já tem, como foi o caso da Irbex no passado, que foi para Macatuba e hoje emprega quase 700 lá. Isso quase ocorreu com a Irizar, mas tivemos coragem de intervir. Esses gestos de doação de terreno implicarão em mais de 1.200 empregos quando a Irizar e Tecnaut concluírem suas ampliações. E é nisso que nossa gestão pensa diariamente, novas alternativas de estimular a criação de empregos”, enfatiza.

{n}{tam:25px}A empresa{/tam}{/n}

A Tecnaut Indústria e Comércio de Metais Ltda. iniciou suas atividades em novembro de 1993, com a finalidade de atender as indústrias do setor náutico, focando, em meados de 1997, as necessidades do mercado de veículos automotores e máquinas agrícolas. Utilizando tecnologia de ponta e mão de obra altamente qualificada dentro de seu processo produtivo, a empresa tem condições de atender os mais diversos segmentos.

Diante da grande exigência de mercado e com a visão focada na satisfação de seus clientes e na melhoria contínua de seus processos e produtos, a Tecnaut investe em equipamentos modernos com tecnologia de ponta como máquinas de corte a laser, dobradeiras CNC, tornos automáticos, sistema semi-automatizado de fosfatização e pintura. Atualmente a planta da unidade produtiva contempla 9.850 m² de área construída. A empresa conta atualmente com mais de 300 funcionários diretos.