Tarifa de ônibus não sobe a partir do dia 2 de dezembro

A Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Transporte (Semutran), informa que a tarifa do transporte coletivo público municipal não aumentará a partir da próxima segunda-feira (2 de dezembro).
De fato, há algumas semanas, o Conselho Municipal do Transporte Coletivo (CMTC) tem feito reuniões para se discutir o aumento da passagem de ônibus em Botucatu, o que não ocorre há 17 meses.

A proposta de aumento da tarifa considera dois dissídios acumulados da categoria dos motoristas e a inclusão, neste ano, de novas linhas (Santa Maria, Maria Luiza, Alvorada da Barra, Altos da Serra e Flora Rica) antes não previstas, contratualmente, com as empresas que prestam o serviço no Município (Sant’anna e Stadtbus).

Assim ficou aprovado pelo CMTC no último dia 20 de novembro, com apreciação do prefeito João Cury Neto, que a tarifa de ônibus de Botucatu será reajustada dos atuais R$ 2,35 para R$ 2,65. No entanto, a resolução deverá ser publicada no Semanário Oficial do Município 72 horas antes do início da cobrança do novo valor.

A Semutran informa que ainda não há uma data precisa para que o aumento entre em vigor, uma vez que se aguarda a presença em Botucatu, para a assinatura do documento, de um dos sócios-proprietários da Stadtbus, cuja matriz está localizada no Rio Grande do Sul. Essa assinatura deve ocorrer ainda na primeira quinzena de dezembro próximo.

A definição do valor da tarifa, no mês de novembro, está prevista em contrato e deve ser feita para que o sistema mantenha sua qualidade aos usuários. “Isso pode ser sentido com os ônibus mais novos em circulação, e a diminuição dos atrasos em linhas mais críticas com ajuda do sistema de GPS. Sem falar no sistema de integração, que ainda não é utilizado na sua totalidade pelos usuários, mas tem funcionado de uma forma bem ajustada. Tudo isso beneficia diretamente as pessoas”, argumenta o secretário municipal de Transporte, Vicente Ferraudo.