Stadtbus apresenta os ônibus que irão operar na Cidade

A empresa Stadtbus Transportes Ltda., da cidade de Santa Cruz do Sul (RS), apresentou na manhã desta sexta-feira (16) oito ônibus da frota que a partir da manhã deste domingo (18), irão percorrer o Lote 1, do Transporte Coletivo Urbano, definido no processo licitatório. Os itinerários continuarão sendo os mesmos, assim como preço das tarifas (R$ 2,35).

A Stadtbus fará as linhas que compreende os bairros: Parque Marajoara/Jardim Paraíso; Jardim Brasil/Vila Paulista; Sesi/Jardim Brasil/Jardim Bandeirantes; Comerciários/Vila Paulista/Vital Brasil; Jardim Cambui/Centro; Jardim Itamaraty/Centro; Jardim Continental/Centro; Lageado/Centro; Jardim Brasil/Centro; Santa Elisa/Centro/Vila Árvore Grande; Parque Serra Negra/Lageado; Hospital Psiquiátrico/Vila Aparecida; Boilão/Paratodos; Interbairros/ Boilão/Sesi/Vila Paulista; Anhumas, Monte Alegre e Associação dos Deficientes Físicos de Botucatu (ADEFIB).

Já a Viação Sant´Anna que ficou com o Lote 2 irá operar as linhas da Cohab I ao Jardim Paraíso/Vila Maria/Vila Aparecida/Jardim Brasil/Vila Paulista/Unesp; Monte Mor/Vila Assunção; Rodoviária/Vitoriana; Rubião Júnior/Centro/Parque das Cascatas, além das linhas da Unesp/Cohab I e II/Bairro Alto/Jardim Paraíso/Recanto Azul/Jardim Aeroporto/Centro/Jardim Reflorenda/Parque dos Comerciários/Café Tesouro.

Embora com duas linhas distintas em operação na Cidade, o secretário municipal de Transportes, engenheiro Vicente Silvio Ferraudo, adianta que não haverá nenhuma mudança nos itinerários. “O que muda são os ônibus que dividirão as linhas, mas os itinerários e as tarifas continuam inalterados. O objetivo dessa mudança é dar uma nova dinâmica no transporte coletivo, para proporcionar melhor atendimento aos usuários e uma empresa não irá interferir no itinerário da outra”, explicou Ferraudo, lembrando que o sistema de transporte coletivo de Botucatu recebe, diariamente, cerca de 27 mil passageiros.

Ao lado do gerente da Stadtbus em Botucatu, Antônio Carlos Evangelista, o prefeito João Cury Neto conheceu o interior do ônibus que estará operando em Botucatu. Segundo Evangelista, os coletivos são de última geração e de alta tecnologia. “Temos uma frota de 29 ônibus novos, 50 motoristas e 45 cobradores, além da equipe administrativa, para darmos um atendimento de qualidade aos usuários de Botucatu, tendo, inclusive, acesso aos deficientes físicos”, ressaltou o gerente da empresa.

Para o prefeito João Cury, duas linhas operando na Cidade era um sonho antigo dos usuários que a partir desse domingo se transforma em realidade. “Teremos em Botucatu duas empresas dotadas de ônibus modernos e confortáveis. Esse processo se arrastou por vários meses até chegarmos na assinatura do contrato com as duas empresas vencedoras da licitação. Colocar duas linhas operando em Botucatu foi um desafio e durante todo trâmite tivemos apenas um pensamento: melhorar o transporte coletivo em nossa Cidade”, frisou Cury.

O prazo da concessão ? s duas empresas é de 10 anos, contados da assinatura do contrato, podendo ser prorrogado por igual período. Entre as condições estabelecidas no edital está a idade máxima dos ônibus limitada a dez anos e a dos microônibus sete anos, contados da fabricação do chassi. A idade média da frota deve ser igual ou inferior a cinco anos.

Fotos: Quico Cuter