Secretário de Comércio busca novos cursos em Brasília

O secretário adjunto de Comércio e Serviços, Sérgio Ortiz, voltou bastante otimista da viagem que fez ? Brasília, no dia 28 de fevereiro, para tratar da abertura de vagas, em Botucatu, para cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC), através do Bolsa-Formação Trabalhador e Bolsa-Formação Estudante, criados pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

O pedido foi protocolado junto ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate ? Fomes (MDS) após audiência com Margarida Munguba Cardoso, diretora adjunta da Diretoria de Inclusão Produtiva Urbana e o assessor Sérgio Lima de Oliveira. O público-alvo é formado por beneficiários de programas federais de transferência de renda, como o Bolsa-Família e o Benefício de Prestação Continuada e estudantes matriculados nos 2º e 3º anos das redes públicas de Ensino Médio, preferencialmente aqueles em vulnerabilidade social.

“Fomos muito bem recebidos e são grandes as chances de nosso pleito ser atendido integralmente. A ideia é oferecer os cursos em parceria com o Senac, disponibilizando mais de quatrocentas vagas para pessoas de baixa renda”, informa Ortiz.

Na próxima semana, a Prefeitura deverá apresentar a documentação complementar para análise do pedido. Os cursos solicitados para o Bolsa-Formação Estudante são para formação de técnico em recursos humanos, técnico em segurança do trabalho, técnico em administração, técnico em comércio e técnico em informática.

Para o Bolsa-Formação Trabalhador os cursos solicitados pela Prefeitura são para capacitação de: almoxarife, comprador, cuidador infantil, depilador, manicure e pedicure, operador de computador, operador de supermercado, promotor de vendas, recepcionista de eventos, recepção e atendimento telefônico e vendedor.