Secretaria de Segurança intensifica ‘Operação Migrante’

Em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social, a Guarda Civil Municipal (GCM) de Botucatu voltou a intensificar a Operação Migrante por conta das baixas temperaturas registradas na Cidade nos últimos dias. A informação veio do jornalista Igor Medeiros, da secretaria de Comunicação.

O secretário de Segurança, delegado Adjair de Campos (foto), informa que desde o ano passado, nenhum óbito de pessoas, em situação de rua, foi registrado em decorrência do frio na Cidade. “Nos últimos dias temos registrado mais de dois auxílios por noite”. observou o secretário.

“Atendemos não só migrantes ou desvalidos como também pessoas que se encontram vagando pelas ruas embriagadas. Encaminhamo-las ao Centro de Apoio ao Migrante, Itinerante e Mendicante (Camim) ou para suas próprias casas. O importante é que esta camada da população não pereça nas praças, ruas e em outros lugares desta Cidade por conta do frio intenso”, acrescenta.

Por dia, o Centro de Atendimento recebe, em média, 20 pessoas. Ele está localizado na Avenida Paula Vieira, 511, Vila Ema. O telefone do Camim é o 3882-8444. O secretário salienta que quem encontrar pessoas em situação de risco também pode entrar em contato com a GCM pelo telefone de emergência 199.

Vale lembrar que no Camim as pessoas desassistidas recebem alimentação, higienização, e outros tipos de apoio. O Centro tem na coordenação a assistente social Irani Branco Lourenço, que está no projeto há 17 anos.

{bimg:8905:alt=interna2:bimg}

“São atendidas pessoas de diferentes faixas etárias. Só não aloja as com menos de 18 anos, a não ser que estejam com os pais. Para os que passam de 60 anos é procurado uma vaga no asilo”, comentou Irani. A entidade tem uma faixa etária flutuante que varia de 18 a 59 anos de idade”, complementou.

Nos últimos três meses passaram pelo Camim 1.620 pessoas. Se fizermos uma projeção anual de janeiro de 2009 a janeiro de 2010 poderemos ter uma noção do trabalho que é desenvolvido nessa entidade. Foram atendidas 7.670 pessoas que consumiram 38.792 refeições. Também foram distribuídas 2.812 passagens para diferentes regiões do Brasil, assim como realizados 2.050 retornos de pessoas aos seus familiares, fazendo com que houvesse 1.797 ligações interurbanas.