Rodovias Tietê atende munícipe sobre problemas na Castelinho

A Concessionária Rodovias do Tietê encaminhou, através de sua assessoria de imprensa, um comunicado ao jornal Acontece Botucatu sobre alguns questionamentos feitos pelo munícipe Flávio da Silva, de problemas encontrados na Rodovia João Hipólyto Martins – Castelinho.

Silva apontou e fotografou alguns trechos da rodovia (fotos) e pediu intervenção da concessionária para sanar os problemas, entre elas uma erosão no acostamento da pista ao lado do monumento Botucatu em concreto, na entrada da Cidade, assim como na entrada da Vila Real bem próximo ? área onde está sendo construído o Shopping Botucatu existem várias deficiências (buracos).

Também foi citada a passarela da rodovia, que separa o Parque Marajoara do Jardim Imperial/Vila Real, onde existem obstáculos que impedem a passagem normal de transeuntes, formato e altura escada e poças de água de chuva que pode atrair o mosquito transmissor da dengue.

A concessionária informou que irá corrigir nos próximos dias a erosão existente na Rodovia João Hipólito Martins (SP-209), ao lado do monumento da entrada de Botucatu. A erosão no pavimento foi causada pelas fortes chuvas dos últimos dias.

Referente ? passarela, localizada no km 19+300 da SP 209, que liga o Parque Marajoara ao Jardim Imperial/Vila Real, a Rodovias do Tietê esclarece que os obstáculos citados são, na verdade, bloqueadores de motocicletas, que impedem a entrada desse tipo de veículo no equipamento.

O objetivo é evitar acidentes (atropelamentos) sobre a passarela. Esses bloqueadores, no entanto, não impedem o acesso e a passagem de pessoas portadoras de necessidades especiais. É importante salientar que esses bloqueadores foram alvos recentes de vandalismo e terão que passar por manutenção.

A passarela está totalmente adaptada para a passagem de pessoas portadoras de necessidades especiais, com rampas de acesso, conforme regras e normas de acessibilidade. Com relação ao acesso ao Bairro Vila Real, a concessionária informa que o trecho está sob responsabilidade da Prefeitura de Botucatu.