Reunião pública discute projeto de revitalização da Amando de Barros

Na noite dessa sexta-feira, 18 de março, um grande público compareceu na Câmara municipal de Botucatu para acompanhar a apresentação e discussão do tão esperado projeto de revitalização da Rua Amando de Barros, principal corredor comercial da cidade.

O projeto prevê compactação da fiação, recape asfáltico, alargamento das calçadas, piso especial para deficientes, semáforos, entre outras melhorias.

De acordo com o prefeito João Cury, hoje é o dia da apresentação e validação do projeto final para, em caso de aprovação, iniciar as obras já no mês de abril com previsão de conclusão em 120 dias.

"Já passou da hora de concluirmos esse projeto, a cidade merece, o consumidor merece e o comerciante também. É um sonho que parece que agora sai do papel", disse ao Acontece Botucatu, Luiz Rogerio Bernardo Peres, presidente da ACE/CDL.

Para Antônio Zorzela, secretário de comércio, o importante é tornar o espaço atrativo. " A intenção é tornar o espaço mais atraente para a população e para os comerciantes trazendo fluxo maior de consumidores e causando o menor impacto possível nas atividades do dia a dia do comércio", disse.

Fatima Baldini presidente do Sincomércio defende que a rua precisa de modernização há muito tempo. “A revitalização é importantíssima e precisa haver uma modernização. A Amando de Barros há 30 anos é a mesma. É um anseio dos lojistas, até para mudança das fachadas, já que isso depende de como a fiação vai ficar. Outra coisa, uma calçada sem obstrução e livre para circulação é fundamental para oferecer mais segurança aos consumidores. Tem que ser um projeto limpo, clean, com calçadas mais largas", completou Fátima.

 

De acordo com o secretário de mobilidade e obras André Peres as obras não deverão atrapalhar os lojistas. “As obras serão realizadas no período noturno para evitar o mínimo de transtorno possível aos comerciantes e consumidores". O início das obras está previsto para 16 de abril, se aprovado o projeto.

O projeto total está orçado em R$ 2 milhões e será executado pelos próprios servidores públicos municipais. O projeto compreende o trajeto entre as ruas Visconde do Rio Branco e praça do Paratodos, onde ocorreriam melhorias também nas duas praças centrais. Estiveram presentes os vereadores Izaias Colino, Carreira, Rose Ielo, Curumim, Carlos Trigo, e Reinaldinho.