Reunião para discutir ‘piscinões’ acontece na próxima terça-feira

 

Defesa Civil atende problemas causados pelas chuvas
Piscinões podem resolver alagamentos em Botucatu

A Prefeitura Municipal de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Planejamento, realizará no próximo dia 2 de Agosto, das 9 às 11 horas, nas dependências do Cine Teatro Nelli (Praça XV de Novembro, 44), uma audiência pública para apresentação e debate dos projetos de implantação de reservatórios de amortecimento de cheias nos córregos Cascata e Lavapés.

O evento, aberto ao público em geral, oferecerá a oportunidade para que os interessados formulem perguntas, sugestões, comentários e possam sanar eventuais dúvidas relacionadas aos projetos em questão. Popularmente conhecido como “piscinões”, esses equipamentos representam o maior investimento já realizado na história do município em obras de macrodrenagem voltadas ao combate de enchentes.

Encontra-se aberto na Comissão Permanente de Licitações (Copel) da Prefeitura de Botucatu o processo de concorrência pública destinado à contratação de empresa especializada para implantação de reservatórios de amortecimento de cheias nos córregos Cascata e Lavapés.

A proposta é que o entorno dos locais que abrigarão essas barragens seja revitalizado com a construção de um parque linear, que receberá equipamentos voltados à recreação e ao lazer da população. Os piscinões contarão com comportas para regular a vazão das águas. Com os projetos executivos finalizados e aprovados pela Caixa Econômica Federal, a Prefeitura recebeu o sinal verde para execução das obras dos dois primeiros piscinões, nos córregos Cascata e Lavapés, avaliadas em R$ 13,2 milhões.

chuva
Terminal Rodoviário e AFF convivem com enchentes

O reservatório Lavapés está previsto para ser implantado em uma área com aproximadamente 60 mil m2 próxima à Rodovia Gastão Dal Farra, entre o Jardim Aeroporto e o Parque Marajoara, com área de drenagem de aproximadamente 4,4 km2. Ele foi projetado para atender o volume necessário de amortecimento de cheias pelo prazo de até 100 anos e assegurar a segurança da barragem para o período de retorno de mil anos. O reservatório funcionará on line, ou seja, com o Ribeirão Lavapés passando pelo seu interior. O esvaziamento ocorrerá por gravidade.

O reservatório Cascata está previsto para ser implantado em uma área com aproximadamente 37 mil m2 situada a montante da travessia do córrego, nas proximidades do condomínio Spazio Verde, sob a rodovia Marechal Rondon. A área de drenagem com aproximadamente 5,32 km2 foi projetada para atender o volume necessário para atuar no amortecimento de cheias para vazões e assegurar a segurança da barragem pelo mesmo período do reservatório Lavapés. A estrutura permitirá a formação de um lago permanente com aproximadamente 0,80 m de profundidade, volume de 16.000 m3 e espelho d´água com uma área de 21.600 m2.

O projeto, elaborado pela Prefeitura em 2009 e aprovado pelo Governo Federal, prevê a construção de cinco piscinões, para a implantação de reservatórios de amortecimento das águas nos córregos Lavapés, Água Fria, Cascata, Antártica e Tenente, evitando alagamentos em pontos que há décadas são considerados críticos. Os recursos para execução das obras serão liberados, a fundo perdido, pelo Governo Federal através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).