Radar móvel só volta operar após o carnaval

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semutran) comunica que na próxima semana o serviço de fiscalização eletrônica estará em diferentes pontos de Botucatu: quarta-feira (5), na Rua Doutor Júlio Prestes; quinta-feira (6), na Rua Doutor José Barbosa de Barros; e sexta-feira (7), na Avenida Deputado Dante Delmanto. Na segunda (3), ponto facultativo, e terça (4), feriado de Carnaval, o radar não estará em funcionamento.

Para executar essa fiscalização um profissional capacitado da Semutran realiza estudos técnicos das vias que podem receber o auxílio desta tecnologia, que fotografa o veículo no dia, hora e local exato onde foi cometida a infração.

Como a proposta é de disciplinar o trânsito, a Semutran informa sempre em seu site (http://semutran.botucatu.sp.gov.br), de forma antecipada, todos os dias e locais onde estará instalado o radar. A intenção é que os motoristas simplesmente respeitem os limites de velocidade todos os dias, como prevê a Lei de Trânsito, independente onde esteja o radar.

{n}Infrações{/n}

A multa pelo excesso de velocidade varia de acordo com a infração cometida. Quando o motorista ultrapassa a velocidade em até 20% do limite estabelecido, a multa é de natureza média, custa R$ 85,13 e quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Acima de 20% até 50% da velocidade prevista, a multa é considerada grave: R$ 127,69 e cinco pontos na CNH. Caso o condutor atinja velocidade acima de 50% do definido para a via, o ato é entendido como gravíssimo, a multa chega a R$ 574,72, e o direito de dirigir é suspenso imediatamente.