Radar eletrônico continua na Avenida Dante Delmanto

Desde segunda-feira a Secretaria Municipal de Transporte instalou o serviço de fiscalização eletrônica (radar) em diferentes pontos da Avenida Dante Delmanto. Ele ficará nesse local até esta quarta-feira (15).
O investimento na tecnologia é de quase R$ 9 mil pelo aluguel mensal do aparelho, que será operado por um profissional capacitado. Ele tem feito estudos técnicos das vias que podem receber o auxílio desta tecnologia, que fotografa o veículo no dia, hora e local exato onde foi cometida a infração.

Como a proposta é de disciplinar o trânsito, a Semutran irá informar sempre em seu site (http://semutran.botucatu.sp.gov.br), de forma antecipada, todos os dias e locais onde estará instalado o radar. A intenção é que os motoristas simplesmente respeitem os limites de velocidade todos os dias, como prevê a Lei de Trânsito, independente onde esteja o radar.

A multa pelo excesso de velocidade varia de acordo com a infração cometida. Quando o motorista ultrapassa a velocidade em até 20% do limite estabelecido, a multa é de natureza média, custa R$ 85,13 e quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação. Acima de 20% até 50% da velocidade prevista, a multa é considerada grave: R$ 127,69 e cinco pontos na CNH. Caso o condutor atinja velocidade acima de 50% do definido para a via, o ato é entendido como gravíssimo, a multa chega a R$ 574,72, e o direito de dirigir é suspenso imediatamente.

{n}Visconde do Rio Branco{/n}

Depois da Avenida Dante Delmanto, o serviço de fiscalização eletrônica estará nesta quinta e sexta-feira (16 e 17) medindo a velocidade dos veículos na Rua Visconde do Rio Branco, trecho de saída para a Rodovia Marechal Rondon e Avenida Vital Brazil.

{n} Fotos: Valéria Cuter