Propagandas em postes de iluminação recém-pintados na Amando irritam pedestres em Botucatu

Fotos: Marcelino Dias

propaganda-postes-5Há poucos dias foi concluída a reforma e revitalização da Rua Amando de Barros. Além das novas calçadas, bancos e paisagismo, os postes de iluminação pública receberam demãos de tinta, deixando-os com aspecto de novos.

Porém, na manhã desta quarta-feira, 14, a redação do Acontece Botucatu recebeu a reclamação de alguns pedestres da Amando, relatando que todos os postes, que acabaram de ser pintados, foram usados para colagem de um cartaz de propaganda. Como se pode ver nas fotos, as propagandas foram afixadas com fita adesiva, do quarteirão da Praça do Bosque, até o “Paratodos”.
propaganda-postes-3“Eu acho que é um abuso. Não poderia deixar isso acontecer. Os postes estão novinhos, aí vem esse pessoal e emporcalha tudo. O certo é a prefeitura mandar tirar um a um”, disse um autônomo, que preferiu não ter o nome revelado.

Além da poluição visual, a prática é ilegal, já que desde 2000 existe uma lei municipal que proíbe a afixação de propagandas em postes públicos. O artigo 3º da lei municipal 4.126/2000 diz que não será autorizada a exibição de anúncios ou veículos publicitários nos seguintes casos: Em grades, postes de rede elétrica e em colunas.

A lei diz ainda que a responsabilidade de fiscalização é da Subsecretária Municipal de Comércios e Serviços, que pode penalizar a empresa responsável. O Acontece Botucatu entrou em contato com o telefone que consta no anúncio e foi informado que o local se trata de uma escola, que apenas alugou uma sala para a realização do curso. Ainda segundo o atendente, a empresa responsável pelo curso não é de Botucatu. Por fim, ele disse que iria solicitar a retirada dos cartazes.