Projeto de recuperação do Ribeirão Tijuco Preto é formalizado

Nesta sexta-feira (2) foi realizada a solenidade de formalização de apoio por parte do Banco do Brasil ao projeto de recuperação do Tijuco Preto, na região sul de Botucatu. O evento aconteceu no Auditório Cyro Pires no Paço Municipal. O projeto técnico foi idealizado e elaborado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a ONG “Nascentes”.

O convênio prevê apoio ao projeto que tem como objetivo, transformar o entorno do Ribeirão Tijuco Preto, no Parque 24 de Maio, recuperando uma de suas margens com o uso da técnica de jardins de chuva, promovendo educação ambiental e melhoria na qualidade de vida e convívio social da comunidade.

Esta necessidade foi indicada e priorizada pelos moradores através de Diagnóstico Participativo do Programa de Desenvolvimento Local (DL) do Parque Residencial 24 de Maio e Região, executado pela AADL (Associação de Agentes de DL do 24 de Maio e Região) e Rede TEAR, com metodologia fomentada pelo Senac São Paulo.

A recuperação das margens do Ribeirão beneficiará diretamente ? população que mora no seu entorno, estimada em 10 mil pessoas, e indiretamente toda Botucatu. O valor total do projeto é de aproximadamente R$ 70 mil.

Estiveram presentes na assinatura de formalização de apoio ao projeto os representantes da Fundação do Banco do Brasil, Hélio Massao, Sérgio Augusto Portes de Souza, Marcelo Gonçalves Viana e Sergio Conti; o prefeito de Botucatu, João Cury Neto; a secretária de Meio Ambiente, Cynthia Zanotto Salvador; Talita Rodrigues Rassini, presidente da ONG “Nascentes”; Irene Cardoso, presidente da Associação de Agentes de Desenvolvimento Local do Parque Residencial 24 de Maio e Região; Jorge Carlos Silveira Duarte, gerente de desenvolvimento Social do Senac São Paulo; Simone Rodrigues Alves Pafetti, coordenadora do Programa de Desenvolvimento Local do Bairro 24 de Maio e região e mediadora da Rede TEAR; além de Diogo Teixeira Ligo, gerente do Senac de Botucatu.

{n}Histórico da Região da Nascente {/n}

A região do 24 Maio, situada no setor Sul de Botucatu, abrange os bairros Parque Residencial 24 de Maio, Jardim Aeroporto, Jardim Santa Cecília, Jardim Santa Elisabeth, Residencial Cedro, Jardim Santa Mônica, Residencial Santa Maria I e Conjunto Habitacional Francisco Blasi. A seis quilômetros do Centro da Cidade, com os principais acessos pela Rodovia Gastão Dal Farra e Estrada Municipal do Aeroporto, a região é sinalizada no Plano Diretor como área de potencial expansão imobiliária e demográfica.

Situada numa área limite entre o perímetro urbano e rural, entre o Centro e vários condomínios de alto padrão, a região é dotada de grande extensão de área verde e atrativos naturais. Estimada em dez mil moradores, a população segue em ritmo de crescimento devido aos novos loteamentos vizinhos. Um aspecto relevante desta região e a localização de várias nascentes, como a do Ribeirão Tijuco Preto e a nascente do Rio Lavapes, que é o maior afluente que cruza a extensão urbana do Município.

Fotos: Quico Cuter