Prefeitura investirá mais de 3 milhões em iluminação

Um dos maiores investimentos já feitos em Botucatu, em relação ? iluminação pública, foi feito na manhã desta terça-feira, entre a Prefeitura Municipal de Botucatu e CPFL – Companhia Paulista de Força e Luz (foto). Os representantes das duas instituições se reuniram e o prefeito João Cury Neto (PSDB), fechou um acordo que vai melhorar substancialmente a iluminação pública em todos os setores da cidade. De acordo com o projeto serão investidos R$ 3.067.887,44.

O vice-presidente da CPFL, Hélio Viana Pereira, esteve pessoalmente na cidade para fechar o acordo. “Estou muito satisfeito em estar aqui hoje para mostrar a vocês (da imprensa) o projeto de iluminação pública que estamos trazendo para Botucatu. Igual a este (projeto), só temos em cidades de grande porte do interior paulista como Bauru, Campinhas, Ribeirão Preto e Americana”, enumerou Pereira, que adiantou que a CPFL já investiu R$ 8 milhões em Botucatu e dobou sua subestação de distribuição de energia no município.

No projeto consta a iluminação de rodovias vicinais como a João Hipólito Martins – Castelinho que vai receber 170 luminárias, no valor de R$ 183 mil, ou a Gastão Dal Farra com 60 luminárias, orçadas em R$ 82 mil. Também serão colocadas 138 luminárias na Antônio Butignolli, no valor de R$ 166 mil ou no trevo da ITE com 62 luminárias, ao custo de R$ 82 mil e iluminar os 1.700 metros da avenida do novo Fórum, no Jardim Riviera. O projeto também contempla a Domingos Sartori com 240 luminárias (R$ 340 mil).

Outros locais onde toda a instalação elétrica contará com modernização serão nas Avenidas como a Santana/Dom Lúcio, Largo da Catedral, entre outras diversas ruas dos bairros da cidade. Todas as 35 escolas do município receberão 528 novas luminárias (R$ 190 mil). As 539 luminárias que existem atualmente na cidade serão ampliadas para 1506. Isso sem falar que a colocação da fiação dos postes é subterrânea. O prazo para conclusão dos serviços (colocação e trocas de luminárias e postes) que serão feitos pela CPFL está previsto para um ano.

“Levaremos luz onde ainda não tem e modernizaremos todo o sistema. Serão dois tipos de luminárias que serão utilizados em diferentes pontos da cidade. Para realizar esse projeto usaremos recursos financeiros que temos em caixa. Não tiraremos dinheiro da Saúde, da Educação ou de qualquer outra secretaria. É o dinheiro reservado para iluminação pública que será investido na iluminação. Não estamos usando dinheiro do Estado ou da União, nem fazendo empréstimo. É dinheiro de Botucatu que será investido para melhorar a qualidade de vida da população”, comemorou João Cury. “Isso sem falar da melhoria da segurança e o fato das pessoas terem mais comodidade em passear a noite pelos bairros com melhor luminosidade”, acrescentou Cury.

Depois de acertar o preço do projeto o prefeito João Cury Neto, irá negociar com a CPFL outros benefícios que poderão ser realizados na cidade. “Vamos agora para uma segunda fase de negociações que é conseguir junto a CPFL algumas benfeitorias que não estão no custo do projeto. Iremos sentar e ver o que poderemos conseguir. Temos a certeza de que ainda teremos outras benfeitorias, nesse mesmo projeto, para contemplar nossa população”, finalizou o prefeito.

Fotos: Fernando Ribeiro