Prefeitura inicia obras de galeria no Convívio; mais uma demanda do OP

RUA DOS GIRASSÓIS - INÍCIO DE GALERIAS NO CONVÍVIO - FOTO IGOR MEDEIROS (18) (Custom)A Prefeitura de Botucatu iniciou na manhã desta terça-feira (5) mais uma obra de galeria para a captação da água das chuvas. Desta vez o serviço se concentra na Rua dos Girassóis, uma das principais vias do Park Residencial Convívio, região sul da Cidade. As primeiras movimentações no local foram acompanhadas pelo prefeito de Botucatu, João Cury Neto; secretário de Obras, Rafael Athanazio; e secretário de Descentralização e Participação Comunitária, Paulo Sérgio Alves.

O trecho de pouco mais de 1km se estende do cruzamento com a Avenida Monumental até a confluência com a Rua dos Cravos, em paralelo com a Rodovia Marechal Rondon. No local serão assentados tubos de 1 metro de diâmetro para garantir a vazão adequada das águas das chuvas. Também será providenciada a construção de uma escada dissipadora com objetivo de amortizar a velocidade e volume da água das chuvas.

RUA DOS GIRASSÓIS - INÍCIO DE GALERIAS NO CONVÍVIO - FOTO IGOR MEDEIROS (1) (Custom)Após a implantação das galerias, a Secretaria de Obras avançará com os serviços de construção de guias e pavimentação asfáltica na Rua dos Girassóis. O investimento total nas obras de galeria na Rua dos Girassóis será de R$ 559.713,89, viabilizado com recursos federais, originados pela emenda parlamentar apresentada pelo deputado Guilherme Mussi. A obra está a cargo da empresa Meneguim Engenharia Ltda., vencedora do processo licitatório. O prazo para execução dos serviços é de 180 dias.

Outra frente de trabalho será aberta para construção de galerias em outras ruas próximas, desta vez utilizando mão de obra própria. Desta maneira, o Convívio estará preparado para receber mais investimentos do Programa Pavimentação. As ruas a serem beneficiadas são: Hibiscos, Alfazemas, Jasmins, Camélias, Girânios, Rosas, Narcizos, Palmas, Margaridas, Tulipas e avenidas das Hortências e das Primaveras.

RUA DOS GIRASSÓIS - INÍCIO DE GALERIAS NO CONVÍVIO - FOTO IGOR MEDEIROS (61) (Custom)“Esta é mais uma obra elencada no passado, dentro do OP, e a qual estamos tirando do papel, após mais de 10 anos de espera. Por conta disso, muitos moradores do Convívio já haviam perdido a esperança nesta obra. Mas eu não sairia da Prefeitura, em paz comigo mesmo, se não conseguíssemos viabilizar mais este sonho, que se tornou realidade depois de muito trabalho, planejamento e certa dose de teimosia. Em breve poderemos voltar ao Convívio, de peito aberto e com a consciência limpa que realizamos mais uma obra que irá transformar a vida daqueles que mais precisam”, afirma o prefeito João Cury Neto.

“O importante é que não pulamos etapas. Nada adiantaria asfaltar todo o Convívio se não estrássemos primeiramente com o serviço de galeria. Com as chuvas, logo perderíamos todo o trabalho e investimento feito no bairro. Mas nós entendemos que o serviço público deve ser bem feito. Por isso já investimentos na construção de mais de 20 km de galeria em Botucatu”, complementa.

Vale lembrar que a Prefeitura de Botucatu, na atual gestão do prefeito João Cury Neto, já havia viabilizado a construção de galerias em outras vias do Convívio e que hoje já se encontram pavimentadas como a Rua das Cerejeiras, trechos da Rua dos Lírios e Rua das Rosas, além da Avenida Monumental.

Mais obras de galerias

Além do Park Residencial Convívio, a Prefeitura de Botucatu tem conduzido em ritmo acelerado a construção de mais sistemas de drenagem urbana em outros quatro cantos da Cidade.

No Parque dos Pinheiros, região sul, está em fase final o assentamento de 400 metros lineares de galerias na Rua Francisco Vieira de Andrade. Na obra são utilizadas tubulações de 0,60cm, 0,80cm e 1 metro de diâmetro. O projeto inclui também a construção de uma escada dissipadora que ajudará a amortizar a velocidade e volume da água das chuvas. Os serviços estão a cargo da MFL Construtora Ltda ME. O investimento é da ordem de R$ 175.705,29.

Ainda na região sul, outra extensa obra de galeria acontece às margens da Rodovia Gastão dal Farra, que será duplicada. No local serão construídas 30 caixas de captação (bocas de lobo) e implantação de mais de 1km de tubos de 0,60cm, 0,80cm e 1 metro de diâmetro. Caso o tempo continue seco, a previsão é que essa etapa seja concluída no prazo de 60 dias. Assim que esta infraestrutura estiver concluída será preparada a base para a pavimentação e construção da nova pista.

No Jardim Tropical, região oeste de Botucatu, tem saído do papel outra antiga demanda do Orçamento Participativo. O sistema de drenagem da água das chuvas, que está em estágio inicial de construção, terá 1,1km de extensão e percorrerá os seguintes trechos: ruas José Benedito Nogueira, Agenor Coelho, Eduardo Bozano Santiago, João Thiegh, João Sartor, além das Avenidas 1 e 2. Além das tubulações, serão construídas 42 caixas de captação (bocas de lobo) e outras quatro caixas de passagem de água. Todo serviço é conduzido com mão de obra própria da Prefeitura e estimado em R$ 400 mil.

Também na região oeste, está em fase final a construção de galeria no Parque Tupi. A infraestrutura tem 509 metros de extensão e percorre a Rua Dona Maria Rivera Colino (Rua A), entre a Rua Edgard de Alencar Saboya (Rua 03) e Rua Cassemiro Gomes Filho (Rua 04), além da Rua Wilson dos Santos, na altura da Rua Edgard de Alencar Saboya até as imediações da Rua Augusto Mazzoni. O investimento da Prefeitura de Botucatu nesta obra é de R$ 209.787,53.

Já na região norte, a Secretaria de Obras trabalha na construção de um sistema para o escoamento das águas pluviais na confluência da Rua Carlos Guadagnini e das avenidas Universitária e Prefeito Joaquim Amaral Amando de Barros, trecho de principal acesso aos bairros Vila di Capri e Jardim Ipê. Há pouco mais de um mês, chuvas provocaram uma erosão no local e, consequentemente, a interdição total do trânsito de veículos.  Além da tubulação e dissipador, também está previsto o aterramento da erosão, preparação do terreno para construção de guias e nova pavimentação.