Prefeitura e Shopping Botucatu promovem exposição que reaproxima população e estação ferroviária

A partir desta sexta-feira (20) a população botucatuense e da região poderá conferir no Shopping Botucatu a exposição “Educação Patrimonial”, que aborda a restauração da Estação Ferroviária do Município. A mostra é promovida pela Secretaria de Esportes, Lazer e Turismo, Secretaria de Cultura e Shopping Botucatu, com apoio do grupo Aventureiros do Túnel.

A exposição é ilustrada com painéis que contam parte da história de Botucatu, que está intrinsicamente ligada ao desenvolvimento gerado pela ferrovia. Ela pode ser visitada até o dia 20 de junho de segunda a sábado, das 10 às 22 horas e aos domingos e feriados, das 14 às 20 horas. O Shopping Botucatu, está localizado na Avenida Marginal Duzentos, nº 1050 – Vila Real.

“A Estação Ferroviária de Botucatu é um dos mais belos patrimônios da Cidade e do estado de São Paulo. Esta exposição tem a intenção de resgatar a memória ferroviária e a dignidade da população local e reaproximar as pessoas da estação”, explica o secretário de Esportes, Lazer e Turismo, Antonio Carlos Pereira.

Ela também oferece informação sobre o meticuloso trabalho de restauração deste patrimônio histórico, viabilizado pela Prefeitura de Botucatu por meio da Secretaria de Cultura, em parceria com a Producom – Comunicação e Cultura, Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo – através do programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (Proac), e patrocínio da Duratex e Caio Induscar.

“A restauração da Estação não serve apenas para deixar um edifício velho em estado de novo. É muito mais que isso. Com esse processo não se restauram só paredes, se restauram também a memória e a integridade moral da população, devolvendo à mesma a relação de pertencimento e os sentimentos de cuidado e zelo pelo seu patrimônio”, destaca o secretário de Cultura, Osni Ribeiro.

 

Relógio da Estação

Na última terça-feira (17), a Secretaria de Esportes, Lazer e Turismo recebeu o relógio da Estação Ferroviária de Botucatu, pelas mãos do aposentado Hélio Maschetti. O relógio que se encontra com necessidades de restauro estava sob a guarda do Sindicato dos Trabalhadores e Empresas Ferroviárias da Zona Sorocabana. “Esta importante peça do acervo ferroviário será restaurada e instalada no seu local de origem – A Estação Ferroviária de Botucatu”, informa o Pereira.

(Ass. de Imprensa da Prefeitura)