Prefeitura e Sabesp levam esgoto a Rubião Júnior

A Prefeitura de Botucatu e a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) realizaram na última quinta-feira (9), o lançamento das obras de implantação do sistema de esgotamento sanitário do Bairro Santo Antonio da Cascatinha, no Distrito de Rubião Junior.

O evento contou com as presenças do prefeito de Botucatu, João Cury Neto; do presidente da Câmara Municipal, vereador André Rogério Barbosa (Curumim); do superintendente da Unidade de Negócio Médio Tietê, Mário Eduardo Pardini Affonseca, além de outras autoridades e população local.

Com investimentos de R$ 315 mil, as obras em Santo Antonio da Cascatinha incluem a implantação de 1.118,77 metros de rede coletora de esgoto com diâmetro de 150 milímetros, travessia por método não destrutivo com extensão de 22,80 metros e diâmetro de 1.200 milímetros. O prazo de conclusão da obra e entrada em operação do novo sistema está previsto para 150 dias.

{n}Parceria{/n}

Segundo o superintendente da Unidade de Negócio Médio Tietê, Mário Eduardo Pardini Affonseca, a antecipação desta obra de saneamento em Santo Antônio da Cascatinha, como a realizada no bairro Dona Marta, em 2010, também localizado no Distrito de Rubião Júnior, mostra o empenho do Prefeito João Cury Neto na gestão do contrato de programa com Sabesp. A renovação do contrato de prestação de serviços de saneamento básico entre Sabesp e Prefeitura, assinado em junho de 2010, estabelece investimentos de R$ 102,9 milhões para o Município no prazo de 30 anos.

“Essas obras estavam previstas para serem realizadas ao longo do contrato e o João Cury junto com a Superintendência fez com que a gente pudesse antecipar essas obras. Em pouco mais de um ano de programa a Sabesp já duplicou o volume de investimento que era pra ser feito nesse período, isto demostra a preocupação da empresa em atender as solicitações da população e uma gestão efetiva do contrato por parte do chefe executivo”, explica.

{n}Saúde pública{/n}

A obra realizada no local beneficiará cerca de 100 habitantes e, no final do plano, aproximadamente 300 pessoas serão diretamente atendidas com os investimentos, nas 23 ligações residenciais já existentes.

Para Moacir de Souza, morador do bairro há seis anos, esta obra traz mais qualidade de vida para a população do bairro. “Com este investimento não estaremos mais expostos as várias doenças que o esgoto a céu aberto traz para nossa saúde, sem contar que com a obra nosso bairro fica mais valorizado”, afirma.

O prefeito João Cury Neto, em seu discurso, ressaltou a importância desta obra para o bairro já que os moradores esperaram por ela há mais de nove anos e na época de calor o problema do esgoto se agrava. “Os moradores lutaram tanto por este investimento, e a renovação do contrato com a Sabesp foi essencial para a realização disso. Muitas pessoas acreditam que um investimento de R$300 mil é muito para apenas 23 famílias, mas na nossa visão não. Se tivesse apenas uma família o saneamento básico teria que chegar aqui da mesma forma, e talvez não morem mais pessoas neste local pela falta de estrutura e agora com esta obra isto vai acabar. Não terá mais nenhuma criança brincando ao lado de um esgoto ao céu aberto”, argumenta.

Ainda de acordo com o Chefe do Executivo Municipal, o bairro receberá mais investimentos. “O futuro do Santo Antonio da Cascatinha não é mais daqui dez anos, é agora. Ele chegou e temos que preparar este bairro para as pessoas que vivem aqui ter qualidade de vida. Por exemplo, a Rua Pedro Donini será a grande via de ligação de Rubião com Rodovia João Hypólito Martins – Castelinho, por isso ela terá que ser preparada e alargada para receber todo o fluxo de veículos”, declara.