Prefeito propõe aumento no vale compras dos servidores

O prefeito João Cury Neto participou da Assembléia Geral Extraordinária do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Botucatu (SISPUMB) onde teve a oportunidade de debater detalhes que envolvem a Data Base de 2012 com representantes do funcionalismo municipal. O encontro foi conduzido pelo presidente da entidade, José Manoel Leme.

Reafirmando o compromisso com a valorização do servidor público municipal e levando em conta uma série de fatores, entre eles o ritmo da arrecadação do município, a estagnação da economia brasileira e a implantação da reforma administrativa no início do ano, a proposta oficial apresentada pelo prefeito, após discussão com a Secretaria Municipal de Fazenda, foi de aplicar um reajuste de R$ 100,00 no vale-compra alimentos, que passaria dos atuais R$ 330,00 para R$ 430,00.

A proposta foi aprovada por ampla maioria dos servidores presentes ? assembleia. “Entendemos a necessidade dos funcionários, mas ao mesmo tempo temos que ser responsáveis no trato com o dinheiro público. A reforma administrativa que implementamos no início do ano trouxe melhorias, inclusive salariais, para grande parte do dos servidores, sobretudo aqueles com remuneração acima de dois mil reais. Agora entendemos que é chegado o momento de termos um olhar especial e contemplar aqueles que recebem os menores salários. Por isso nossa opção pelo reajuste do vale-compra onde não incide nenhum tipo de desconto. Além disso, essa era uma reivindicação do próprio funcionalismo”, justificou Cury.

A proposta representa um aumento da ordem de 30,3% no valor do vale-compra. Somado ao reajuste de R$ 30,00 que já havia sido promovido em 2011, apenas na atual administração o valor do benefício cresceu 43,3%. Muito acima da inflação dos últimos quatro anos que somou 24,46% (fonte INPC).

A assessoria técnica do prefeito pretende enviar o projeto ? Câmara ainda nesta quinta-feira (24). O vereador Curumim, presidente do Poder Legislativo, que também marcou presença na assembleia dos servidores, comprometeu-se em viabilizar, o quanto antes, a votação da matéria. A expectativa é que seja convocada uma sessão extraordinária para que os vereadores possam discuti-la e votá-la já na próxima segunda-feira (28).

No projeto, o prefeito deixará claro que o reajuste do vale-compra alimentos será retroativo ao mês de maio. Caso o projeto seja aprovado, no próximo mês os servidores receberão o valor de R$ 530,00 (R$ 430,00 referentes ao mês de junho e R$ 100,00 da diferença do mês de maio).

{n}Auxílio-saúde{/n}

Os mesmos valores se aplicam ao auxílio saúde, benefício instituído pela atual administração e que contempla os servidores inativos e pensionistas. A partir da aprovação da reforma administrativa, no momento da aposentadoria, o servidor municipal opta pelo recebimento do vale-compra alimentos ou pelo auxílio saúde.