Prefeito obtém autorização para construção de 71 casas

Em audiência com o secretário de Estado da Habitação, Sílvio Torres, na tarde dessa quarta-feira (28), o prefeito João Cury Neto obteve a ordem de serviço que permitirá o início das obras de construção de 71 unidades habitacionais do Jardim Nova Esperança, em Rubião Júnior. O empreendimento será viabilizado através de uma parceria entre a Prefeitura de Botucatu e a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano).

A responsável pela execução das obras será a Construtora Sousa Araújo Ltda., vencedora do processo licitatório ao custo de R$ 4.275.883,77. Os recursos serão repassados pelo Governo do Estado. A Prefeitura fez a doação do terreno para receber o empreendimento. O prazo para entrega do conjunto é de 12 meses contados do início da obra.

Está prevista a realização de sorteio para definição das pessoas que serão contempladas com as 71 casas. As inscrições ainda serão abertas e provavelmente o processo aconteça apenas em 2014, quando a obra já estiver em seu estágio final.

“Hoje vencemos mais uma etapa para atingir a marca de construir três mil novas moradias populares até 2016. Só nesses oito primeiros meses de governo praticamente alcançamos 50% da meta. Esse novo conjunto ficará ao lado do residencial Caimã (499 unidades), que já estamos construindo em parceria com Governo Federal. Com autorização da CDHU, acredito que até o final de setembro começaremos as obras do Jardim Nova Esperança. Ao todo em Rubião vamos entregar 570 novas unidades habitacionais. Vamos em frente que vem muito mais por aí”, comemora João Cury.

O prefeito faz questão de ressaltar que além dos R$ 4,2 milhões para a construção das casas, o governador Geraldo Alckmin liberou cerca de R$ 1,5 milhão para a construção de uma creche que atenderá tanto o Caimã quanto o Nova Esperança.