Prefeito João Cury vai em busca investidores na China

Depois de receber o aval da Câmara Municipal de Botucatu em votação unânime, o prefeito João Cury Neto embarca para a China neste domingo (19) atendendo convite formulado pela Universidade de Hubei e pela Faculdade de Medicina da UNESP.

No período em que o Cury estiver no exterior, os atos do Poder Executivo estarão sob a responsabilidade do vice-prefeito Antonio Luiz Caldas Júnior. Pela programação, o embarque do prefeito para retorno ao Brasil está marcado para o dia 1º de julho, com previsão de chegada a Botucatu dia 2 de julho.

Entre os objetivos da viagem estão a assinatura de um protocolo de intenções para cooperação junto ao Parque Tecnológico de Botucatu e apresentar para empresários chineses o que a cidade tem a oferecer para futuros investimentos.

Farão parte da delegação botucatuense, além de João Cury, o diretor da Faculdade de Medicina de Botucatu, Dr. Sérgio Muller; pela pró-reitora de Pós-Graduação, Dra. Marilza Cunha Rudge e pelo superintendente do Hospital das Clínicas de Botucatu, Dr. Emílio Curcelli.

A comitiva botucatuense tem uma extensa agenda a cumprir no país asiático, como: visita ? Universidade de Hubei, pioneira no desenvolvimento de estudos brasileiros; tratativas para Botucatu se tornar cidade-irmã de Jingzhou; visita ao Parque Tecnológico da Universidade Central da China (Huazhong University of Science and Technology – HUST), a sua Escola de Medicina (Tongji Medical College) e seus dois hospitais (Tongji e Union) para assinatura de protocolo de intenções para cooperação com o Parque Tecnológico de Botucatu.

O prefeito também tem encontros agendados em Pequim, Shangai e Wuhan para conhecer empresas – principalmente na área de biotecnologia -, para apresentação do município de Botucatu e de seu Parque Tecnológico, com o objetivo de atrair investidores para a cidade.

{n}Espanha{/n}

Em junho de 2010, o prefeito chefiou uma delegação que esteve na Espanha. O principal resultado dessa viagem de trabalho, que também teve como finalidade a cooperação tecnológica e a busca por novos investidores foi a confirmação da ampliação da fábrica da Irizar em Botucatu. O investimento previsto é de mais de R$ 50 milhões, permitindo que a unidade passe dos atuais 2,5 ônibus/dia para 4 ônibus/dia, no prazo entre 12 e 24 meses.