Prefeito de Botucatu anuncia construção de 50 casas no Porto Said

 

13600244_1116581865067595_507177308777081685_n
Facebook/divulgação: Casas de pescadores no Porto Said

Segundo postagem do prefeito de Botucatu João Cury, na manhã desta quinta-feira, 30, foi assinado na quarta-feira, 29, no Palácio dos Bandeirantes, convênio com a CDHU, através do Programa Melhor Bem, Viver Melhor, para a construção de mais 50 casas no bairro Porto Said, que fica ao lado do Rio Bonito.

Segundo João Cury, essas casas vão abrigar as 50 famílias que ocupam uma área as margens do Rio Tietê de forma irregular. O local é uma APA – Área de Proteção Ambiental. As famílias são compostas basicamente por pescadores que vivem em condições precárias no local.

A Prefeitura adquiriu uma área e colocou à disposição da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) para a construção do conjunto de casas para os pescadores. Em contrapartida, a AES Tietê, concessionária, comprometeu-se em financiar o projeto de revitalização de um trecho de 800 metros da orla do Rio Bonito, além de reflorestar uma área que será transformada em um bosque.

“Fizemos uma parceria com o governo do estado onde a prefeitura entrará com o terreno e o estado com a construção das casas. Com a construção dessas casas no Porto Said nós vamos recuperar a área degradada, desfazendo esse pequeno assentamento e acabando com o crime ambiental nela existente. Mas, o melhor de tudo, é que vamos oferecer uma vida mais digna e segura a essa população ribeirinha” disse João Cury em seu facebook.

O projeto será finalizado no 2º semestre de 2016 e as obras terão início no começo de 2017.