Prefeito assina ordens de serviços de R$ 1,7 mi

O prefeito João Cury Neto assinou seis ordens de serviços para obras que devem iniciar ainda este mês. São elas: Casa da Juventude; quadra poliesportiva do Jardim Continental; reforma dos banheiros e restauro da Fonte Luminosa da Praça do Bosque; implantação de galerias na Vila Nogueira e Santa Luzia; urbanização da Mata do Carmeluche e projeto arquitetônico, hidráulico e lógico para as futuras instalações da Secretaria Municipal de Educação, no antigo Fórum. Outra obra anunciada é a construção de rampa de acesso a embarcações no Rio Bonito, que aguarda apenas uma autorização da AES Tietê. Somadas, tais obras atingem a cifra de R$ 1.794.863,60 em investimentos feitos pela Prefeitura.

A Casa da Juventude custará R$ 634.159,80 e deverá ser executada em um prazo máximo de dez meses pela Singulare Pré-Moldados em Concreto Ltda., empresa vencedora da licitação. O projeto inovador da administração municipal será implantado em um dos galpões da antiga Fepasa (antigo armazém). O espaço será dotado de completa infraestrutura para desenvolvimento de atividades e discussão de políticas públicas voltadas aos jovens em áreas como saúde, educação, assistência social, cultura, lazer, emprego, entre outras. “Esta obra é cercada de simbolismo porque é a primeira etapa de ocupação da antiga área ferroviária, que possui oito alqueires”, salienta João Cury.

Outro importante passo do Poder Público será a elaboração do projeto para a execução dos serviços de arquitetura, elétrica e hidráulica para as futuras instalações da Secretaria Municipal de Educação. O projeto custará R$ 147.653,50 e deverá ser entregue em 120 dias pela empresa Cunha Neto Engenharia e Construções Ltda., com elaboração conjunta da Secretaria de Estado da Cultura. “Essa é outra obra emblemática para a Cidade porque além da Secretaria de Educação, esse prédio do antigo Fórum, abandonado por anos, irá abrigar a primeira Pinacoteca do interior paulista”, destaca o Chefe do Executivo Municipal.

Na área de esportes, a Prefeitura de Botucatu entregará aos moradores do Jardim Continental uma quadra poliesportiva, de 1.056 metros quadrados, na Rua Joaquim Garcia, s/nº. A obra, que custará R$ 146.411,34 e ficará a cargo, nos próximos 90 dias, da empresa Negrão e Negrão Ltda., será viabilizada através de convênio firmado entre a Prefeitura de Botucatu e a Secretaria de Estado de Economia e Planejamento. O investimento atende uma antiga reivindicação de moradores da região, que reclamavam da carência de áreas de lazer no bairro.

Ainda na parte de lazer, a comunidade do Conjunto Habitacional “Antonio Hermínio Delevedove” (Cohab 4) poderá desfrutar de um novo espaço que será totalmente revitalizado. Trata-se do Bosque do Carmeluche uma das mais belas reservas de mata da Cidade, com vista para a Cuesta, que ganhará alambrado, pista de caminhadas, bicicletário, ponto de coleta seletiva, parque infantil, academia ao ar livre, além de moderno projeto de iluminação. A área tem 12.118,68 metros quadrados e está localizada na confluência da Rua Layre Colino e Travessa Victorio Madarena. A obra custará R$ 308.189,35 e deverá ser concluída no período de 180 dias também pela empresa Negrão e Negrão Ltda. “O Carmeluche é um espaço verde belíssimo, mas que infelizmente foi esquecido. Vamos recuperar este local, dentro de uma comunidade onde a vulnerabilidade social é grande. Também nossa intenção recuperar a quadra ao lado da creche do La Sale”, comenta o prefeito.

Na parte de infraestrutura, as Vilas Nogueira e Santa Luzia, próximo ? Cecap, serão beneficiadas com galerias de águas pluviais. A Prefeitura investirá em um novo ramal na Rua Joaquim Barreiros, que consequentemente irá beneficiar outras ruas como a Salim Kahil, Carlino de Oliviera, Reverendo Francisco Lotufo e pequenos trechos das ruas Nicola Zaponi, Costa Leite e Avenida José Pedretti Neto. Serão investidos pelo Poder Público neste serviço R$ 299.700,00. A empresa Fortpav Pavimentação e Serviços Ltda., vencedora do certame licitatório, deverá realizar a construção de galerias em até 120 dias.

Mas uma das obras mais aguardadas pela população botucatuense é sem dúvida a reforma da fonte luminosa da Praça Comendador Emílio Peduti (Bosque), que custará aos cofres públicos R$ 176.263,36. A restauração deve durar 90 dias e será executada pela Construart Comércio e Construções Ltda. – ME. Esta obra era um anseio da população, principalmente da comunidade italiana. Além disso, será feita uma reforma nos banheiros públicos que funcionam no local. “Para que estes patrimônios públicos não voltem a se deteriorar por conta da depredação, faremos parceria com alguma associação que ficará responsável por zelar pelo local”, argumenta Cury.

Pedido bastante antigo de proprietários que possuem embarcações, a recuperação da rampa do Rio Bonito inclui além da sua reforma, melhorias em galerias e pavimentação asfáltica. A obra custará R$ 82.486,25, e deverá ser executada, assim que liberada pela AES, no prazo de 60 dias pela empresa Produserve Serviços e Locações Ltda.

{n}R$ 85 mi em obras{/n}

Além das que estão prestes a iniciar, a Prefeitura de Botucatu entregará nos próximos dias outras obras: Unidade de Saúde da Família do Santa Maria 1 (marcada para este sábado, dia 8, ? s 15 horas);- Revitalização da Praça Alexandre Fleming, que terá a primeira Praça do Idoso;- Praça Padre Bento (Cohab 1); Pista de Aeromodelismo (CESP); Infraestrutura do Parque Tecnológico; Projeto Quero Vida (Aconchego); e pavimentação de mais de 29 ruas no Distrito de Rubião Júnior. Outras 24 obras (veja relação abaixo) também estão em andamento. Todas elas somam mais de R$ 85 milhões em investimentos feitos pelo Poder Público.

{n}Obras em andamento{/n}

– Creche do Jd. Monte Mor
– Escola do Jd. Cambuí
– Rotatória Dante Delmanto
– Praça Nossa Senhora de Fátima
– Galerias Tenente João Francisco
– Banco de Alimentos
– Praça da Juventude
– Reforma antiga escola de Rubião
– Unidade de Saúde da Família de Vitoriana
– Unidade de Saúde da Família de César Neto
– Unidade de Saúde da Família Comerciários
– Unidade de Saúde da Família do Jd. Santa Elisa
– Avenida de acesso ao novo Fórum
– Hospital Estadual
– Clínica de Recuperação de Dependentes Químicos
– Urbanização da Avenida Júlio Vaz de Carvalho
– Quadra poliesportiva coberta Estádio João Roberto Pilan
– Vestiários e arquibancadas Estádio João Roberto Pilan
– Urbanização e pavimentação da Estrada dos Oyan
– Quadra poliesportiva coberta em Vitoriana
– Praça Egydio Vizotto (Cohab 6)
– Construção da sede administrativa do Parque Tecnológico
– Reforma do Campo de Futebol de Rubião Júnior
– Recapeamento Parque Marajoara

Por: Igor Medeiros