Poste de energia cai em via pública na Vila Pinheiro

Na noite desta quinta-feira (27) os moradores da Rua Pedro Angela, na Vila Pinheiro, levaram um grande susto. O vento forte e a chuva fizeram com que um poste de energia elétrica de, aproximadamente 10 metros, desabasse sobre o muro da casa de número 23, deixando os moradores daquela região sem luz. “Foi um susto muito grande. Minutos antes de o poste cair havia um carro estacionado. Se não tivesse sido retirado seria danificado. Mas, felizmente, ninguém saiu ferido”, disse uma moradora.

O coordenador da Defesa Civil do Município, Domingos Chavari Neto, como vem acontecendo em todas as ocasiões em que o vento e a chuva caem sobre a cidade, está fazendo um levantamento nos estragos que as últimas chuvas causaram e buscar uma solução para tentar ajudar moradores que tiveram problemas com relação ao mau tempo.

“Quando chove forte, nós ficamos na expectativa e a principal prioridade é verificar se as pessoas que moram em locais de riscos, próximas a barrancos ou ribeirões, não foram afetadas. Hoje (sexta-feira) estamos visitando alguns pontos para prestar nossa ajuda. Infelizmente a ação da chuva e do vento causa muito estrago. É um fenômeno natural que não temos como prever”, salientou Chavari que esteve no local onde o poste desabou em via pública.

“Foi um momento de apreensão vivida pelos moradores. Agora estamos elaborando um documento para que seja apurado o motivo da queda desse poste. Outros (postes) semelhantes estão espalhados pela cidade, principalmente na região periférica. Notificaremos a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) para que seja feita uma avaliação nesses postes de madeira e detectar se não oferecem riscos”, frisou o coordenador da Defesa Civil.

Segundo Chavari, muitos casos que vem sendo registrados é com relação ? queda de galhos de árvores. “Isso se constitui num perigo muito grande. Um galho que venha a cair do alto de uma árvore pode machucar seriamente uma pessoa que estiver passando. Por isso, nossa preocupação é grande sempre que vem uma chuva com rajadas de vento e recomendamos que as pessoas evitem se esconder do mau tempo embaixo das árvores”, orientou Chavari.

Fotos: Jornal Acontece Botucatu