Pessoas ligadas ao entretenimento são treinadas contra incêndio

Fotos: Valéria Cuter

O Corpo de Bombeiros de Botucatu através sargento Da Silva, conjuntamente, com a Defesa Civil do Município representada pelo coordenador Paulo Renato da Silva estiveram reunidos no espaço Sabor & Mordomia, com empresários do setor de entretenimento como clubes, bares, restaurantes e casas noturnas para ministrar curso de prevenção e combate a incêndio.

“Já estivemos em diferentes estabelecimentos de Botucatu fazendo uma inspeção geral e orientando os proprietários sobre normas de segurança exigidas por lei. A medida foi uma ação preventiva e envolveu diferentes setores do Município. Numa segunda etapa realizamos esse curso que foi dividido em duas etapas”, enfatiza Paulo Renato.

Numa primeira fase do curso os participantes receberam orientações teóricas de como proceder para prevenir o incêndio e as maneiras mais eficazes de combatê-lo. Numa segunda fase foram aplicadas aulas práticas com os próprios participantes manuseando os extintores.

“É importante que o incêndio seja combatido de forma eficiente, para que sejam minimizadas suas conseqüências, como conhecer os agentes extintores; saber utilizar os equipamentos de combate a incêndios e avaliar as características do incêndio, o que determinará a melhor atitude a ser tomada”, colocou o coordenador de Defesa Civil.

Segundo o sargento Da Silva, o curso objetiva fornecer subsídios para que se possa prevenir e proteger as edificações em geral contra incêndios, as características dos serviços, dos materiais empregados, dos processos de fabricação, determinar as soluções mais adequadas a cada situação, entre outras.

“Prevenir nada mais é do que impedir que haja fogo ou que ele fuja ao controle do homem e quanto maior o risco do prédio, mais sistemas preventivos devem ser instalados. É importante que os proprietários e funcionários estejam atentos quanto aos riscos e saibam usar os dispositivos de segurança em casos de emergência. Não adianta um local ter extintores e ninguém saber usar. Então, nesse curso ensinamos como retirar o lacre do extintor, acionar o gatilho, direcionar (o extintor) ao fogo, o tipo de fogo e qual (extintor) usar”, ressalta Da Silva.

O sargento dos bombeiros revelou que a receptividade das pessoas que compareceram ao curso foi muito boa e todas se mostraram interessadas em aprender, mas adianta que esse treinamento prepara somente para que a pessoa controle um início de incêndio. “Em caso de sinistro consumado, a pessoa precisa se deslocar com segurança para fora do prédio e chamar os Bombeiros. Tudo o que a gente falou é para princípio de incêndio, pois incêndio consumado quem controla é bombeiro. Treinamos as pessoas para tentar evitar que as pequenas chamas se tornem um sinistro”, conclui.