Parquímetros no “Bairro” serão discutidos segunda-feira

Foi definido para a noite de segunda-feira (23) na sede social dos Dragões da Vila dos Lavradores, as discussões para a instalação dos parquímetros na Rua Major Matheus, em área de abrangência da Zona Azul. Esse encontro deverá contar com representantes do Poder Público Municipal, comerciantes e moradores que debaterão a viabilidade da implantação do sistema, assim como o número de vagas.

Como foi feito na Amando de Barros e João Passos (foto) onde a zona azul é explorada pela empresa Autoparque do Brasil, a instalação dos parquímetros naquela região “alta” que é o segundo maior corredor comercial da Cidade, busca maior rotatividade de vagas para estacionamento.

No processo de implantação dos parquímetros na Rua Amando o prefeito João Cury havia afirmado que se no futuro, houvesse necessidade de ampliar o sistema para a Vila dos Lavradores e Avenida Dom Lúcio, nenhuma ação seria tomada sem que houvesse um estudo técnico e uma ampla discussão não apenas com os comerciantes, mas com toda a sociedade.

Sobre esse assunto, a Câmara Municipal aprovou, recentemente, um requerimento de autoria dos vereadores Fernando Carmoni (PSDB), Valmir Reis (PPS), João Elias (PDT) e André Rogério Barbosa – Curumim (PSDB), que solicita a presidência do Poder Legislativo, a possibilidade de realizar uma Audiência Pública com o intuito de debater a implantação do sistema de parquímetro na região comercial da Vila dos Lavradores.

Para os vereadores, tal medida seria necessária uma vez que a implantação do sistema de parquímetro na região central da cidade hoje é uma realidade e visa disciplinar as vagas de estacionamento e considerando que alguns comerciantes instalados na Vila dos Lavradores pedem a implantação do sistema de parquímetro em seu centro comercial.

“A finalidade dessa audiência é assumir uma postura sobre o assunto e conhecer melhor as opiniões dos comerciantes, usuários, Poder Público e concessionária. Por isso entendemos que é necessária a sua realização para um amplo debate”, disse Valmir Reis.