Parquímetros no “Bairro” começam a funcionar

A partir desta segunda-feira (18) entra, oficialmente, em funcionamento a cobrança de multa aos motoristas que cometerem infração na Zona Azul do centro comercial da Vila dos Lavradores (Bairro), administrada pela empresa Autoparque Brasil, que também opera na região central da cidade, quando os infratores começam a ser multados.

A colocação dos dispositivos de expansão da Zona Azul no “Bairro” estão nas ruas Major Matheus (do cruzamento com a Rua Milton Meris Jaqueta até Rua Galvão Severino), Tenente João Francisco (do cruzamento da Rua Cesário Mota até a Rua Cruz Pereira) e nas ruas Cruz Pereira, Brás de Assis, Floriano Simões e Cesário Mota, no trecho entre as ruas Rodrigues e Tenente João Francisco. A Zona Azul funcionará de segunda a sexta-feira, das 9 ? s 18 horas, e aos sábados, das 9 ? s 17 horas.

Estarão sob cobrança 415 vagas de estacionamento na região. Atualmente a tarifa por uma hora de parada, em Botucatu, está em R$ 1,40. Os demais valores variam de R$ 0,35 (por 15 minutos – somente com cartão recarregável), R$ 0,70 (30 minutos), R$ 2,10 (1 hora e 30 minutos) e R$ 2,80 (por 2 horas). Este último é o limite máximo de permanência, sendo que o motorista terá de procurar outra vaga para estacionar.

Fiscais contratados pela Autoparque farão a verificação da regularidade do estacionamento. Em caso de não ser estar regular na Zona Azul, o motorista tem até 24 horas para efetuar o pagamento de R$ 10,00 na sede da Autoparque para não ser autuado. A multa é de R$ 54,00, com a perda de três pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).