Paisagismo muda o visual da Praça da Catedral

A reforma da Praça Dom Luiz Maria de Santana, no Centro de Botucatu, já dá sinais de como ficará o entorno da Catedral Metropolitana, um dos principais cartões postais da Cidade. Nesta semana tem avançado os serviços de jardinagem e paisagismo. Isso inclui dezenas de mudas de agapantos, flores de leopardo, lírios do vento, entre outras espécies de plantas.

Para compor e enriquecer ainda mais o cenário da Catedral, a iluminação terá um papel fundamental. Para isso foram instalados 49 postes com duas lâmpadas de 85 watts cada e mais de 90 holofotes que estarão ao redor do santuário e voltados em direção ? s árvores que foram mantidas na praça.

Os trabalhos incluem ainda a construção de um novo piso e rampas para facilitar a acessibilidade de pessoas com deficiência e idosos, além da instalação de 39 bancos de madeira e 33 lixeiras.

A obra, que foi viabilizada junto ao Governo Federal através de gestões feitas pelo deputado federal Milton Monti, tem investimento de R$ 666.679,70 e está sendo executada empresa botucatuense Negrão & Negrão Construtora Ltda., vencedora do processo público licitatório. Caso não haja maiores intercorrências, principalmente climáticas, a reforma da Praça da Catedral de Botucatu deve ser concluída até janeiro do próximo ano.

{n}Catedral de Sant’Anna{/n}

A Catedral Metropolitana de Sant’Anna é o terceiro templo dedicado ? padroeira de Botucatu. A pedra fundamental da construção do atual templo foi lançada em 8 de dezembro de 1927, mas sua inauguração é datada de 8 de dezembro de 1943, apesar de não concluída totalmente.

Ela é a principal edificação do chamado centro histórico de Botucatu. O projeto tem a assinatura de Cav. J. Sachetti e se assemelha muito a catedral da Sé de São Paulo, que também leva a assinatura do mesmo engenheiro. Mais informações sobre a história da Catedral Metropolitana de Sant’Anna pelo site www.catedraldebotucatu.org.br.