Pacto de desenvolvimento assinado para região do 24 de Maio

Com a Sala de Teleconferência lotada por moradores de bairros como Parque 24 de Maio, Jardim Aeroporto, Jardim Santa Cecília, Residencial Cedro, Jardim Santa Mônica, Conjunto Francisco Blasi (Cohab 3) e Residencial Santa Maria 1, foi realizada a cerimônia de assinatura do Pacto de Desenvolvimento Local do Parque Residencial 24 de Maio e Região.

O documento estabelece o compromisso entre o poder público, sociedade civil, empresas, universidades, entre outros atores para implementação do Plano de Desenvolvimento Local elaborado por lideranças dos bairros já mencionados, norteado pelo Senac São Paulo e com a colaboração da Rede Tear e da Prefeitura Municipal.

Os signatários do protocolo comprometem-se em zelar pelo desenvolvimento da região; garantir transparência e participação popular; manter permanente relação de diálogo; garantir a implementação dos projetos definidos no plano e criar condições favoráveis para que o modelo possa ser adotado por outras regiões.

Durante o encontro, o prefeito João Cury Neto fez questão de destacar o poder de mobilização da comunidade e frisou que o poder público deve ter a coragem de assumir compromissos publicamente para que a comunidade possa conhecê-los e cobrar a sua execução.

“Assim que assumimos, resolvemos que era preciso pagar as dívidas que nossos antecessores haviam assumido e aquilo que a comunidade há muito tempo já havia apontado como prioridade. A iluminação da rodovia Gastão Dal Farra, por exemplo, era prioridade desde 2003. Fomos lá e executamos. Precisávamos pagar essas dívidas para depois pensar em firmar novos compromissos”.

O prefeito fez uma exposição detalhada dos principais investimentos que a Prefeitura tem feito na região do Parque 24 de Maio, que envolve a construção de importantes equipamentos públicos como o Hospital Estadual de Botucatu, Parque Tecnológico, Clínica para Recuperação de Dependentes Químicos, creche, posto de saúde, além de mais de mil moradias populares. “Estamos investindo mais de cento e quarenta milhões de reais na região. Ainda há muito a ser feito. Continuem mobilizados em torno daquilo que julgam ser importante. O importante é lutar pela causa, não pelas pessoas”, finalizou.

Lideranças comunitárias da região, como a presidente da Associação de Agentes de Desenvolvimento Local e Moradores do Parque Residencial 24 de Maio, Irene Cardoso de Paula e uma das integrantes da Governança Local, Maria Aparecida de Assis Gomes, não esconderam a emoção em ver que o resultado de anos de trabalho e luta tem contribuído para a melhoria das condições de vida nos bairros onde o projeto é desenvolvido.

A mediadora da Rede Tear e coordenadora de Desenvolvimento Social do Senac de Botucatu, Simone Pafetti, fez a apresentação do Plano de Desenvolvimento Local e lembrou de momentos marcantes do trabalho realizado junto ? comunidade. Ao final do encontro, o pacto foi assinado pelo prefeito João Cury e pelos membros da governança local.

Também compuseram a mesa das autoridades o vice-prefeito Antonio Luiz Caldas Júnior; o gerente do Senac Botucatu, Diogo Vieira Ligo Teixeira; a gerente do Sebrae Botucatu, Sílvia Alzira Furio; o diretor do Sesi Botucatu, Otávio Augusto Ferraz e o coordenador do Orçamento Participativo, Paulo Sérgio Alves.