Novo prédio da PM entra em processo de licitação

A Copel (Comissão Permanente de Licitações) da Prefeitura de Botucatu realiza nesta sexta-feira (4), às 10h30, a sessão para apresentação das propostas das empresas interessadas na construção de um novo prédio para a segurança pública no município de Botucatu, objeto da Tomada de Preços 010/2015.

No total, 11 empresas estão habilitadas a disputar a obra: Construtora Reobote Projetos e Empreendimentos Ltda. EPP; Pilan Engenharia Ltda. EPP; Redondo Gerenciamento de Obras Ltda.; Targ Construções e Serviços Ltda. ME; Panico Materiais e Construções Eirelli ME; Ecco Natura Construções Ltda. EPP; CVT Construtora e Incorporadora e Serviços Gerais Ltda. EPP; Construart Construções Eirelli EPP; Tecnoplan Planejamento e Empreendimentos Ltda. EPP; Siqueira & Santos Construtora Ltda ME e MFL Construtora Ltda. ME.

A empresa que preencher todas as condições estabelecidas pelo certame licitatório e que apresentar o menor preço será declarada vencedora. O imóvel será erguido pela Prefeitura e disponibilizado para instalação da 1ª Cia. da Polícia Militar. O prédio que o destacamento atualmente ocupa na Rua Major Matheus (foto) foi vendido e o recurso será empregado na construção da nova sede.  

A obra está orçada em R$ 997.940,85. O prazo para conclusão é de 240 dias. O projeto é assinado pelo GEAPRO – Grupo Executivo de Assessoria em Projetos e Obras da Prefeitura de Botucatu. o novo prédio será construído no Eixo Universitário, ao lado da entrada do condomínio Colinas do Paraíso, na região Norte da cidade. No local, futuramente, também deverá ser construída a nova portaria de acesso ao campus da Unesp, na Fazenda Lageado. 

O projeto prevê instalações para alojamento da Força Tática, Administração da Força Tática, Sala de Armas, Sala de Instrução, Recepção, Alojamentos Masculino e Feminino, Vestiários, Almoxarifado e Controle, Material de Consumo, Alojamento e Sala do Comandante, Administração e Sala de Justiça e DICIP.